Litoral

Agente penitenciário é executado a tiros após atender campainha de casa no litoral de SP


De acordo com a Polícia Militar, criminosos tocaram a campainha da casa da vítima na manhã deste sábado de Natal e o atingiram a tiros. Ele foi socorrido, mas não resistiu. Ronaldo Soares dos Santos foi executado a tiros em Praia Grande (SP)
Reprodução/Redes sociais
Um agente penitenciário, de 49 anos, foi executado a tiros em Praia Grande, no litoral de São Paulo, no início da tarde deste sábado (25), feriado de Natal. De acordo com informações apuradas pelo g1, Ronaldo Soares dos Santos foi baleado após atender a campainha de sua residência, foi socorrido, mas não resistiu. O caso é investigado pela Polícia Civil.
De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o caso ocorreu por volta das 13h, em um imóvel localizado na Rua Otacília da Luz Brasil, no bairro Ocian. Criminosos armados e encapuzados foram até a casa da vítima, tocaram a campainha e, assim que ela atendeu, atiraram várias vezes.
Os bandidos fugiram em dois veículos. Segundo a PM, Ronaldo foi socorrido por um parente até o pronto-socorro Quietude, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma equipe da PM foi acionada para atender a ocorrência e preservar o local do crime até a chegada da perícia da Polícia Científica.
Em nota, a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) confirmou que a vítima é funcionária do Centro de Detenção (CDP) de São Vicente, e que morreu ao chegar no unidade de saúde. Tanto a SAP quanto o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) lamentaram a morte do agente.
Até a última atualização dessa reportagem, a Polícia Civil buscava por informações que levem aos autores e motivação do crime.
Agente baleado
Na manhã deste sábado (25), outro agente do Centro de Detenção (CDP) de São Vicente foi baleado. O policial penal Rogério de Jesus Pinheiro, de 44 anos, conhecido como Ninja, foi atingido por cinco disparos de arma de fogo no bairro Rio Branco, na mesma cidade em que trabalha, enquanto chegava em casa de carro.
Segundo o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), a vítima saiu do serviço, e quando chegava em casa de carro, foi surpreendido por ao menos um suspeito de moto, que efetuou disparos contra ele e fugiu. O veículo ficou com diversas marcas de tiros.
Carro do policial ficou cheio de marcas de tiros em São Vicente, SP
g1 Santos
Ele foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do pronto-socorro do Parque das Bandeiras ao Hospital Municipal, com ferimentos por arma de fogo no tórax, abdômen, membro superior esquerdo e região patelar esquerda. Ele foi submetido a intubação e encaminhado para tomografia.
O caso foi registrado como tentativa de homicídio na Delegacia Sede de São Vicente, e será encaminhado para o 3º DP da cidade, na área dos fatos, para prosseguimento das apurações.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »