Litoral

Menino de 4 anos vestido de coletor de lixo entrega lembrança de Natal aos profissionais em Santos


Ao g1, recreacionista e mãe de Bernardo, Gleice Trentim da Silva, de 38 anos, disse que fica orgulhosa de saber que filho respeita eles. Menino de 4 anos admirador de coletores de lixo entrega lembrança e deseja feliz Natal
Um menino de 4 anos, admirador do trabalho dos coletores de lixo, entregou uma lembrança aos profissionais e desejou um feliz Natal, no bairro Campo Grande, em Santos, no litoral de São Paulo. Em imagens obtidas pelo g1 neste sábado (25), é possível ver Bernardo Trentim dos Santos usando o mesmo uniforme dos profissionais durante a ação (Veja o vídeo acima).
A recreacionista e mãe de Bernardo, Gleice Trentim da Silva, de 38 anos, contou que tudo começou em 2019 quando teve a ideia de fazer uma festa temática de coletores de lixo para o filho. “Conseguiram a roupa completa para ele, um caminhão de lixo e aí vieram cantar parabéns com ele”.
A partir disso, todo dia Bernardo quer ir ao portão vê-los passar para dar tchau. “Todo ano a gente dá uma lembrancinha para eles, para agradecer o carinho que eles têm com meu filho. Logo que mudei para essa casa mostrei para ele porque desde criança eu via os coletores, e vi a alegria dele”.
A mãe contou que o filho pergunta diariamente se os coletores irão passar. “Já conhecem, sabem o nome, o motorista já chega buzinando e o engraçado que quando ele está dormindo ou chovendo muito e a gente não vai lá na frente, o motorista já buzina e grita ‘tchau, Bernardo'”.
Vestido de coletor de lixo, criança entrega presentes e deseja feliz Natal para os profissionais.
Arquivo Pessoal
“Ele fez questão de fazer a entrega, dar um para cada um, de falar com eles, dar tchau. Não é uma coisa que a gente fica falando, é dele mesmo, ele gosta, ele tem iniciativa de ir lá e fica bravo quando não, se a gente vai sair ele pergunta se vai dar tempo de ver os coletores. É ele que gosta mesmo”, afirmou.
Ela disse que a lembrancinha entregue por Bernardo estava composta por um mini panetone, uma cartinha com desenho que ele fez e demos uma quantia em dinheiro. “[O desenho] tinha um caminhão, os coletores e o motorista”.
Em relação ao uniforme, se ele pudesse ficaria 24 horas com ele, de acordo com a mãe. “Fica com ele pela casa, brinca como se estivesse levando o lixo para o caminhão. Ele comentava que queria ser coletor. As pessoas acham lindo, na escola às vezes ele vai uniformizado e na rua todo mundo pede para tirar foto com ele”.
“Eles têm tanto carinho pelas crianças. Eu fico orgulhosa de saber que ele respeita eles, não tem preconceito com eles. Fico feliz de saber que meu filho tem esse jeito. Eu acho que se ele estiver se sentindo bem, estiver feliz, para mim está ótimo”, finalizou.
Bernardo Trentim ficou super feliz ao ter a presença de seus ‘amigões’ em sua festa de aniversário
Divulgação/Terracom
Aniversário personalizado
Em 2019, Bernardo, que na época tinha três anos, se emocionou ao ser surpreendido pelos coletores de lixo de Santos, no litoral de São Paulo, durante a festa de aniversário.
Ele, que tem uma grande admiração pelos profissionais, ganhou um uniforme de presente e ainda cantou parabéns ao lado dos seus ‘amigões’, como são chamados por eles.
Na época, a mãe de Bernardo, Gleice Trentim, contou que os coletores começaram a chamá-lo de ‘amigão’. “E todos os dias, sempre no mesmo horário, vamos lá para ver. Perguntavam o nome dele, tiravam fotos, e ele até passou a imitá-los dentro de casa. Como eu sei que ele gosta muito, pensei em fazer a festa com esse tema”.
Gleice Trentim, mãe de Bernardo, fez tudo o que estava ao seu alcance para ver a alegria do filho
Divulgação/Terracom
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »