Todos

Número de voos cancelados no mundo no final de semana do Natal sobe para 6 mil

As principais companhias aéreas dos Estados Unidos cancelaram centenas de voos neste domingo (26), o terceiro dia consecutivo de cancelamentos em massa e atrasos no fim de semana de Natal, enquanto funcionários de companhias aéreas são afastados por estarem doentes em meio ao aumento de casos da variante Ômicron.

Quase 700 voos foram cancelados e outros 1.300 atrasados ​​no domingo, de acordo com a FlightAware. Globalmente, houve mais de 2.000 cancelamentos. A Delta e a JetBlue registraram, cada uma, mais de 100 cancelamentos no domingo.

Globalmente, as companhias aéreas cancelaram mais de 6.000 voos na véspera de Natal (24), no Natal e no dia seguinte à data, de acordo com a FlightAware. Isso inclui cerca de 1.700 voos dentro, para ou fora dos Estados Unidos.

Obstáculos operacionais nas companhias aéreas estão ocorrendo enquanto milhões ainda estão voando, apesar do aumento dos casos de Covid-19.

A TSA diz que rastreou 2,19 milhões de passageiros em aeroportos de todo o país na quinta-feira (23), o maior número desde o aumento nas viagens de férias que começou há uma semana.

Mais de mil voos nos EUA cancelados

Na quinta-feira, a United Airlines disse que precisava “cancelar alguns voos” por causa da variante Ômicron. “O aumento nacional de casos da Ômicron esta semana teve um impacto direto em nossas tripulações de voo e nas pessoas que comandam nossas operações”, disse um memorando do United obtido pela CNN.

A empresa cancelou 201 voos na sexta-feira, representando 10% de sua programação total, e 238 voos no sábado, representando 12% de sua programação, de acordo com o site de rastreamento de voos FlightAware.

A United disse que está “notificando os clientes afetados com antecedência sobre sua ida ao aeroporto”, segundo um comunicado da empresa. “Lamentamos a interrupção e estamos trabalhando duro para remarcar o maior número possível de pessoas e colocá-las no caminho para as férias”.

Mais tarde, na noite de quinta-feira, a Delta Air Lines também cancelou voos. A companhia aérea suspendeu 173 voos na véspera de Natal, de acordo com a FlightAware.

A Delta disse que os cancelamentos se devem a vários problemas, incluindo a variante Ômicron.

“Pedimos desculpas aos nossos clientes pelo atraso em seus planos de viagem de férias”, disse a Delta em um comunicado. “O pessoal da Delta está trabalhando duro para levá-los aonde precisam o mais rápido e seguro possível no próximo voo disponível”.

Além disso, a JetBlue cancelou 80 voos, ou cerca de 7% de sua programação geral, na véspera do Natal.

A Alaska Airlines disse em um comunicado que cancelou 17 voos por causa da Ômicron na quinta-feira e mais cancelamentos seriam possíveis na véspera de Natal. A companhia aérea cancelou 11 voos na sexta-feira.

Milhares de voos internacionais também foram cancelados A China Eastern suspendeu 474 voos, ou 22% de sua operação, de acordo com a FlightAware.

Da mesma forma, a Air China cancelou cerca de 190 voos, ou 15% de sua programação. Air India, Shenzhen Airlines, Lion Air e Wings Air também cancelaram dezenas de voos.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Número de voos cancelados no mundo no final de semana do Natal sobe para 6 mil no site CNN Brasil.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »