Litoral

Praia Grande lança aplicativo para localizar crianças e idosos perdidos na praia


De acordo com a prefeitura, ferramenta foi apresentada nesta segunda-feira (27). Praia Grande lança aplicativo para localizar crianças e idosos perdidos na praia
Divulgação/Prefeitura de Praia Grande
Um aplicativo que vai auxiliar na localização de crianças e idosos perdidos nas praias de Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi lançado nesta segunda-feira (27), no Paço Municipal. A ferramenta já está em funcionamento e foi desenvolvida pela Divisão de Tecnologia da Polícia Civil.
De acordo com a prefeitura, por meio do aplicativo ‘Kd Você’, é possível cadastrar os dados da criança ou do idoso, inclusive com foto para identificação. O cadastro pode ser prévio, por exemplo, antes de ir à praia, ou até mesmo após a eventualidade acontecer. Dessa forma, uma espécie de banco de dados é formada.
Conforme explica a administração municipal, o dispositivo, pioneiro em todo o Estado de São Paulo, foi apresentado pelo delegado responsável pela Divisão de Tecnologia, Luiz Fernando Ortiz, e pelo diretor de Inteligência da Polícia Civil, Caetano Paulo Filho.
De acordo com Luiz Fernando Ortiz, caso a criança se perca na praia, os pais ou responsáveis acionam um alarme, informando a situação. Por outro lado, quem encontrar uma criança perdida vai poder comunicar a localização.
“Porém, quem encontra não tem acesso aos dados pessoais. Na verdade, a informação chega às autoridades, no caso a Guarda Civil Municipal [GCM], que presta o atendimento, devolvendo a criança aos responsáveis”, explica o delegado, por meio de nota divulgada pela prefeitura.
Segundo o município, por enquanto, o recurso pode ser acessado pelo celular ou computador, pelo endereço ‘kdvoce.policiacivil.sp.gov.br’, e não está ainda disponível nas lojas de aplicativos dos smartphones.
“Estamos fazendo algumas adequações e, em breve, será possível localizar diretamente nas lojas de aplicativos. Também pretendemos possibilitar o acesso por QR Code nas pulseirinhas de identificação que são tradicionalmente distribuídas nas praias”, acrescenta o delegado.
Para a prefeita Raquel Chini, o aplicativo vai ao encontro de outras medidas que já são tomadas pela administração municipal, para oferecer mais segurança a moradores e turistas. “Mais uma vez, Praia Grande sai na frente e mostra como a integração com as polícias é extremamente importante. Ficamos muito felizes em saber que nossa cidade é a primeira a ter o projeto, e que as pessoas terão mais segurança para aproveitar nossas praias”, diz a prefeita, também por meio de nota.
De acordo com a prefeitura, além da GCM, os dados também poderão ser acessados pelo Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe).
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »