Litoral

Santos anuncia reforço na segurança durante o Réveillon na orla da praia


Funcionamento do comércio na orla só poderá seguir até 20h. Montagem de barracas e tendas estão proibidas. Santos reforçará fiscalização na orla durante a virada de ano
Divulgação/Prefeitura de Santos
A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, anunciou que irá reforçar o esquema de segurança na orla para a noite de Réveillon, no próximo dia 31, com o objetivo de evitar abusos e garantir a segurança da população. O funcionamento do comércio será até às 20h. A montagem de barracas e tendas está proibida.
A medida se soma à decisão de suspender a tradicional queima de fogos neste ano e não interditar a avenida da orla, para desestimular aglomerações e evitar a propagação da Covid-19. A orientação para evitar aglomerações também leva em conta o atual surto de gripe em todo o país.
Segundo a prefeitura, a região da orla estará coberta por um efetivo de 440 pessoas, entre 140 guardas civis municipais e 300 policiais militares. Além disso, quadriciclos, motocicletas, 12 viaturas e, pelo menos, dois drones, um da Guarda Municipal e outro da PM, reforçarão o controle.
Outra recomendação é para que não se use fogos de artifício, cujo manuseio incorreto pode causar ferimentos graves. Embora neste ano não haja restrição de circulação de pessoas pela orla, estará proibida a montagem de qualquer tipo de barraca, mesmo as individuais, ou tendas particulares.
Na sexta (31), o funcionamento do comércio na orla, formado por quiosques, barracas e ambulantes só poderá seguir até 20h. Essas atividades poderão ser retomadas a partir das 6h de sábado (1º).
VÍDEOS: as notícias mais vistas do g1

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »