Mundo

Abadia de Westminster pediu que Elton John tocasse no funeral da princesa Diana, revelam documentos


Em 2019, o cantor afirmou que estava tão preocupado em errar as palavras ao se apresentar no funeral que mandou instalar um teleprompter ao lado do piano. Elton John cantou nova versão de ‘Candle in the wind’ no funeral da Princesa Diana, na abadia de Westminster, em Londres, em 6 de setembro de 1997
Paul Hackett/File Photo/Reuters
O Palácio de Buckingham recebeu um pedido pessoal do decano da Abadia de Westminster para permitir que o cantor Elton John se apresentasse no funeral da princesa Diana, mostraram documentos recém-divulgados.
Wesley Carr, que ajudou a conduzir parte do funeral de Diana na Abadia de Westminster após sua morte em um acidente de carro em Paris, em agosto de 1997, pediu a uma figura sênior da casa real que incluísse uma apresentação de Elton John, que era amigo da princesa.
“Este é um ponto crucial no serviço e pedimos ousadia. É onde acontece o inesperado e algo do mundo moderno que a princesa representava”, escreveu Carr em nota divulgada pelo Arquivo Nacional britânico.
“Respeitosamente, sugiro que qualquer coisa clássica ou coral (mesmo um clássico popular como algo do [compositor] Lloyd Webber) é impróprio. Melhor seria a música anexa de Elton John (conhecida por milhões e sua música era apreciada pela princesa), o que seria poderoso.”
Documentos mostram que a canção de 1970 de Elton John “Your Song” foi considerada inicialmente, mas Carr observou que a ode de 1973 do cantor a Marilyn Monroe “Candle In the Wind” já estava “sendo amplamente tocada e cantada em todo o país”. Sua apresentação seria “imaginativa e generosa para os milhões que se sentem pessoalmente enlutados”.
Ele acrescentou que se as palavras fossem “muito sentimentais”, não precisariam ser impressas na ordem de serviço.
Não há detalhes de qualquer resposta do palácio, mas Elton John tocou a música, com a letra revisada dedicada à “England’s Rose” (Rosa da Inglaterra, na tradução livre). Este foi um dos momentos mais marcantes do funeral, assistido por até 2,5 bilhões de pessoas.
A versão relançada, lamentando a morte de uma mulher em uma idade jovem no brilho impiedoso da fama, tornou-se o segundo single físico mais vendido de todos os tempos.
Em 2019, Elton John disse que estava tão preocupado em errar as palavras ao se apresentar no funeral que mandou instalar um teleprompter ao lado do piano.
Elton John interrompe show por causa de pneumonia, e é ovacionado pelo público

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »