Litoral

Peixe-morcego é flagrado em praia de SP e chama atenção de banhistas


Peixe foi encontrado em Praia Grande, no litoral de São Paulo, por um instrutor de stand up e surfe. Animal estava vivo e foi devolvido para a água. Peixe-morcego foi encontrado em Praia Grande, SP
Divulgação/Rema Forte
Um peixe de aparência exótica foi encontrado em uma das praias de Praia Grande, no litoral de São Paulo, e chamou a atenção de banhistas que passavam pelo local. O animal, identificado como um peixe-morcego, foi devolvido ao mar, pois ainda estava vivo, conforme apurado pelo g1 nesta quinta-feira (30).
O peixe-morcego (Ogcocephalus vespertilio) habita a costa brasileira e possui um corpo achatado das costas para a barriga, formando um triângulo. O peixe inusitado foi localizado na Praia do Canto do Forte, por volta das 5h40, quando o instrutor de stand up paddle e surfe Karl Stricker chegava para trabalhar.
“Fui montar as raias de segurança e me deparei com ele na beira d’água. Achei que fosse uma raia”, explica Stricker. Ao se aproximar, ele percebeu que se tratava de um peixe-morcego. O instrutor fez alguns registros do animal, que nunca havia visto, e depois o devolveu à água, pois ele ainda estava vivo. “Aqui, a gente vê muitos animais marinhos. Golfinho, tartarugas, raias e pinguins. Esse foi legal também de ver”, afirma. Como o peixe foi devolvido ao mar, nenhum órgão foi acionado.
Peixe foi encontrado próximo à água em Praia Grande, SP
Divulgação/Remo Forte
Peixe-morcego
De acordo com o biólogo marinho Eric Comin, essa espécie é inofensiva, não apresenta valor comercial de pesca, e chama a atenção pelo nado. “Para começar a nadar, ele dá um saltinho para a frente e sai se locomovendo, todo desengonçado, usando as nadadeiras”, explica.
O biólogo esclarece, ainda, que o peixe se alimenta de pequenos peixes e crustáceos, e para caçar, usa uma protuberância em sua cabeça para chamar a atenção das presas. No entanto, o animal não apresenta qualquer risco aos banhistas. Comin aponta, ainda, que o peixe-morcego costuma ficar no fundo do mar, e possui hábitos noturnos, podendo chegar a 30 centímetros de comprimento.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »