Litoral

Passageiro fala em ‘lockdown’ dentro de cruzeiro suspenso após casos de Covid-19: ‘pouca comunicação’


Programação foi interrompida no Costa Diadema e embarcação retornará ao Porto de Santos, onde todos os passageiros e tripulantes devem desembarcar. A Anvisa determinou ainda que o navio permaneça em quarentena e não realize novas operações. Passageiro de navio fala em lockdown em navio de cruzeiro e prevê Ano Novo em cabine
A Anvisa suspendeu, no início da tarde desta sexta-feira (31), as atividades do Costa Diadema, que está atracado no Porto de Salvador, após a confirmação de 68 casos de coronavírus na embarcação. O navio deve retornar ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo, de onde partiu. Um dos passageiros conversou com o g1 e diz que todos os passageiros deverão ser isolados nas cabines enquanto o navio viaja ao destino final, com três dias de antecedência do roteiro inicial.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Segundo o órgão, a medida foi adotada após a investigação epidemiológica conduzida pela Anvisa e por técnicos das secretarias de saúde do estado da Bahia e do município de Salvador, que concluiu pela declaração de transmissão comunitária de Covid-19, nível 4, a bordo da embarcação, nos termos da Portaria do Ministério da Saúde GM/MS nº 2.928, de 2021. Diante desse cenário, a operação, inicialmente prevista para concluir o passeio no dia 3 de janeiro, foi interrompida.
A Anvisa solicitou à autoridade local de saúde a permissão para desembarque dos passageiros que testaram positivo para Covid-19, que ficarão em isolamento em hotéis já disponibilizados pela operadora do cruzeiro. A grande maioria é assintomática, com apenas alguns indivíduos sintomáticos leves. Moradores de Salvador também foram autorizados a desembarcar.
A embarcação seguirá sob restrições durante a navegação até Santos, ou seja, todas as atividades não essenciais a bordo devem ser interrompidas e devem ser cumpridos os protocolos sanitários de segurança no interior da embarcação até Santos. Ainda segundo a Anvisa, todos os passageiros devem ser testados para o desembarque e novas operações dessa embarcação não serão autorizadas pela Agência, ficando impedida a sua saída do Porto de Santos até nova manifestação da Agência.
Dentro do navio
Maxwell Rodrigues, empresário e apresentador de TV, está no Costa Diadema. Segundo ele, um comunicado emitido pela operadora informou que todos os passageiros deverão ser isolados nas cabines enquanto o navio segue para Santos. Em um vídeo enviado ao g1, ele comenta a situação a bordo.
“Acabaram de anunciar o lockdown no Costa Diadema, determinando que todos os passageiros voltem para suas cabines”, descreveu. “Temos um silêncio ensurdecedor. Desde ontem, muito pouca comunicação com os passageiros, mas vamos aguardar”.
Por telefone, Maxwell contou que embarcou na última segunda-feira (27), com a esposa e duas filhas, e que a previsão de desembarque no Porto de Santos era para o dia 3 de janeiro. Por volta de 10h45 desta sexta-feira, no entanto, eles receberam um comunicado informando que deveriam ficar isolados nas cabines até o desembarque.
Casos de Covid-19 são confirmados dentro de cruzeiro Costa Diadema e passageiros são isolados em cabines
Matheus Croce/g1
O cruzeiro, que saiu de Santos, deveria passar por Salvador e seguir para Ilhéus (BA) e, em seguida, voltar para o litoral paulista. “Há pessoas muito revoltadas, dizendo que não vão para as cabines. É uma situação muito delicada, muito chata”, contou. Segundo ele, falta informação aos passageiros.
“É um silêncio ensurdecedor. A falta de comunicação está deixando os passageiros muito apreensivos. Hoje é ano novo, as pessoas tinham uma expectativa muito grande. Pela instrução que recebemos, parece que vamos ter que passar [o réveillon] nas cabines”, disse Maxwell.
Apresentador diz que passageiros de cruzeiro deverão voltar às cabines às vésperas de réveillon
Reprodução
Costa Diadema
Procurada pelo g1, a Costa Crociere confirmou o retorno do cruzeiro à Santos. O navio Costa Diadema está ancorado em Salvador, na Bahia, onde estão sendo concluídos os desembarques dos hóspedes residentes na região e das pessoas que testaram positivo a bordo em cooperação com a autoridade sanitária local Anvisa.
Anvisa define protocolos sanitários para temporada brasileira de cruzeiros 2021/2022
Ainda conforme com a nota, a embarcação deve seguir para Santos nas próximas horas, assim que for concedida a permissão para partir. Atualizações serão fornecidas assim que disponibilizadas por todas as partes envolvidas. “A segurança, a saúde e o bem-estar dos hóspedes, tripulantes e das comunidades no destino são prioridades máximas para a Costa Crociere”, finalizou na nota.
Navio Costa Diadema, no Porto de Santos, no litoral de São Paulo.
Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal
VÍDEOS: as notícias mais vistas do g1

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »