Litoral

Casal que ignorou banhistas e fez sexo em praia de SP viraliza e internautas fazem ‘campanha’ para encontrá-los


Imagens de casal tendo relação sexual em orla de Santos, no litoral de São Paulo, viralizaram e alcançaram centenas de milhares de internautas, que brincaram com a situação por meio de comentários na web. Vídeo de casal fazendo sexo em banco de praia do litoral de SP viraliza na web
O casal que foi flagrado em um vídeo fazendo sexo em um banco da orla de Santos, no litoral de São Paulo, virou alvo de brincadeiras nas redes sociais. As imagens viralizaram e alcançaram centenas de milhares de internautas, que brincaram com a situação por meio de comentários na web.
As imagens mostram um homem e uma mulher em cenas íntimas em plena luz do dia. Em um dos registros, o casal aparece praticamente deitado no banco, de frente para o mar, e o homem está com a mão nas partes íntimas da jovem. Em outro momento, as imagens flagram a mulher fazendo sexo oral no rapaz. Por último, os dois aparecem, de fato, consumando o ato em frente à praia.
A gravação do ato do casal acabou viralizando nas redes sociais e muitos internautas se divertiram e comentaram o ocorrido. “Faça amor, não faça guerra!”, comentou um internauta. “Se estavam de mascara tá bom”, brincou outro homem que comentou a situação, se referindo a situação da pandemia.
Alguns internautas iniciaram, também por meio das redes sociais, uma espécie de ‘campanha’ para tentar identificar quem são as duas pessoas que aparecem nas imagens. As cenas, gravadas em uma das principais praias de Santos, acabaram rodando o mundo por terem sido gravadas no meio de uma tarde, enquanto centenas de pessoas aproveitavam o dia no local.
No total, foram mais milhares de comentários nas redes sociais e o vídeo foi compartilhado de forma viral, incluindo via WhatsApp. “Essa prática é mais antiga que a música dos mamonas assassinas”, disse uma mulher. “É isso aí, não tem hora nem lugar”, disse outra pessoa pelo seu perfil. “Tarzan e Jane”, comentou outro internauta, que riu da situação.
Casal que ignorou banhistas e fez sexo em praia de Santos, SP, vira ‘meme’ nas redes sociais
Reprodução/Redes Sociais
“Quiseram sentir a brisa do mar, simplesmente foi isso”, comentou em tom de brincadeira um rapaz. “Quando o amor se manifesta, é difícil segurar, viva o amor”, acrescentou outro homem.
Apesar de algumas pessoas terem se divertido com a situação, a atitude do casal também gerou críticas de outros internautas nas redes sociais. “Amar é muito bom, mas respeito é uma regra social, não vivemos numa selva onde o instinto domina, a liberdade há muito tempo se tornou libertinagem”, disse uma mulher na web. “Coisa ridícula, lugar que passa crianças, falta de respeito com o próximo”, acrescentou outra internauta.
Imagens de casal durante relação sexual viralizaram na web
Reprodução
Cenas que repercutiram
Essa não é a primeira vez que uma cena como essa é flagrada e viraliza nas redes sociais, há cerca de três semanas, um casal também foi flagrado fazendo sexo na Praia do Forte, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. Imagens que circularam nas redes sociais mostraram o homem e a mulher deitados na areia da praia e com algumas pessoas próximas a eles.
Já em Tocantins, o vídeo de um casal fazendo sexo em um flutuante no lago de Palmas também viralizou. Nas imagens o casal aparece sozinho na parte de cima do flutuante enquanto o restante dos ocupantes estava na parte inferior da embarcação.
Em junho deste ano, um outro casal foi flagrado fazendo sexo em uma praia de Itajaí, no Vale, e chegou a ser advertido por guarda-vidas que monitoravam o local. Após a abordagem, a mulher e o homem deixaram a praia.
Sujeito a detenção
De acordo com o Artigo 233 do Código Penal brasileiro, o caso se enquadra como ato obsceno, sujeito a pena de detenção de três meses a um ano ou multa.
Sobre as imagens gravadas em Santos, a prefeitura informou, por meio de nota, que a Guarda Civil Municipal não foi acionada, e que não houve qualquer registro do ocorrido. A administração municipal afirma que, para ocorrências dessa natureza, a população deve acionar a Polícia Militar, pelo telefone 190, ou a GCM, pelo 153.
VÍDEOS: as notícias mais vistas do g1

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »