Litoral

Guarujá e São Vicente suspendem cirurgias eletivas devido a surtos de gripe e Covid-19


Demais cidades da Baixada Santista seguem realizando procedimentos. Guarujá e São Vicente suspenderam cirurgias eletivas devido a surtos de gripe e Covid-19
Divulgação/HU-UEPG
As prefeituras de Guarujá e São Vicente, no litoral de São Paulo, suspenderam as cirurgias eletivas neste início de 2022, devido aos recentes surtos de gripe e Covid-19. As demais cidades da Baixada Santista confirmaram nesta quarta-feira (12) que, até o momento, o procedimento não foi interrompido.
No início da pandemia, cidades da Baixada Santista suspenderam as cirurgias eletivas, ou “não urgentes”, para evitar a propagação da doença, e por conta da lotação das unidades de saúde. Atualmente, além da Covid-19, a região também passa por um surto de Influenza, que influenciou secretarias de Saúde a aumentarem postos de atendimento.
LEIA TAMBÉM:
Santos disponibiliza novo centro de atendimento às síndromes gripais
São Vicente cria Centro de Combate à Gripe para pacientes adultos
Guarujá reforça equipes após aumento superior a 300% em atendimentos de casos de gripe
Em nota, a Prefeitura de Guarujá explica que a ameaça da variante ômicron da Covid-19, somada ao surto de gripe, fez com que um novo período de suspensão de procedimentos eletivos iniciasse em janeiro de 2022. A administração pontua que lamenta a medida, mas enfatiza que a julga necessária, considerando o cenário atual.
De forma análoga, a Prefeitura de São Vicente informou também ter suspendido as cirurgias eletivas no início de 2022. A administração esclarece que o grande número de servidores afastados e a superlotação de centros hospitalares influenciaram na medida. Informa, ainda, que pacientes agendados para as próximas semanas serão avisados quanto à remarcação da data.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »