Litoral

Cidades da Baixada Santista se preparam para chegada da vacina contra a Covid para crianças


Municípios aguardam parecer técnico das autoridades para detalhar início da campanha. Crianças entre 5 e 11 anos de idade poderão receber imunizante contra a Covid-19
Getty Images via BBC
Cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, já se preparam para iniciar a vacinação contra a Covid-19 em crianças entre 5 e 11 anos. As prefeituras aguardam parecer técnico das autoridades do Governo do Estado para definir a data de início e mais detalhes sobre a campanha. No entanto, algumas adiantaram os preparativos.
O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra a doença para crianças chegou ao Brasil na madrugada desta quinta-feira (13), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). No mesmo dia, os imunizantes foram encaminhados para o Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP), de onde serão analisados e encaminhados aos demais estados do país.
Apesar de todas as cidades da Baixada Santista aguardarem notas técnicas das autoridades sobre as vacinas, a Prefeitura de Peruíbe informou ao g1 que existe a chance de a cidade começar a receber doses na terça-feira (18), e esclareceu que a entrega será fracionada.
LEIA TAMBÉM:
Mais da metade dos internados em UTI com Covid-19 em Santos não apresenta esquema vacinal completo
Baixada Santista registrou 1.048 novos casos e 40 mortes por Covid-19 em uma semana
A Prefeitura de Mongaguá informou que a cidade possui aproximadamente 6 mil crianças entre 5 e 11 anos de idade. Em Santos, segundo a Vigilância em Saúde, cerca de 30 mil crianças estão dentro da faixa etária.
Algumas prefeituras esclareceram que já realizam treinamento especializado com os profissionais de saúde para o atendimento às crianças, como Santos, São Vicente, Peruíbe, Praia Grande e Bertioga. Até o momento, nenhum município divulgou o planejamento oficial da campanha.
Pais e responsáveis por crianças dentro da faixa etária podem realizar o pré-cadastro no Portal VacinaJá, do estado. Conforme o governo salienta, a ação é opcional, e não é um agendamento, mas agiliza o atendimento e evita filas e aglomerações.
Doses para campanha de vacinação contra a Covid-19 para crianças chegaram ao Brasil nesta quinta-feira (13)
Reprodução/TV Globo
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »