Litoral

Babá chora ao reencontrar cão furtado há 2 meses em casa de veraneio no litoral de SP; VÍDEO


Crime ocorreu em 28 de novembro, em Praia Grande. Ao g1, Maria do Livramento Vieira de Souza, de 47 anos, afirmou que não tinha mais esperanças de reencontrar o ‘filho’. Babá chora ao reencontrar cão furtado há 2 meses em casa de veraneio em Praia Grande, SP
Uma babá, moradora da capital paulista, conseguiu reencontrar um cachorro que foi furtado dela há dois meses, em uma casa de veraneio no bairro Vila Caiçara, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Imagens obtidas pelo g1 mostram o reencontro emocionante entre Maria do Livramento Vieira Souza, de 47 anos, e o pequeno Nick (veja o vídeo acima).
O crime ocorreu em 28 de novembro de 2021. Segundo o boletim de ocorrência, ela e os familiares saíram do imóvel no início da manhã para passar o dia na praia, mas a cunhada esqueceu uma toalha, retornou cerca de uma hora depois e notou o furto.
O desaparecimento de Nick entristeceu toda a família, inclusive a “irmã de quatro patas”, que ficou doente com a situação. “Comprei outro cachorro para ver se ela se animava, mas ela estava triste, não se animou com ele. Agora, vou ficar com três ‘filhos'”, comemora.
Babá chora ao reencontrar cão furtado há 2 meses em casa de veraneio em Praia Grande, SP
Reprodução
“Tinha sido um fim de semana maravilhoso de sol, mas aconteceu isso e estragou. O carro, a gente encontrou dois dias depois, [mas] o cachorro não tem preço, ele é da família, é meu filho. Muito triste”, relembra.
Ao g1, Maria contou que não tinha mais esperanças de encontrar o cachorro. “Como ele não fugiu, foi furtado, eu não tinha esperança nenhuma. Não tenho como descrever como é ter meu filhinho de volta. Estou maravilhada e encantada”, diz.
Maria do Livramento com os cachorros que considera como ‘filhos’, antes do furto de Nick
Arquivo Pessoal
O reencontro deles ocorreu nesta segunda-feira (31), na delegacia do bairro Jardim Aguapeu, em Mongaguá, e foi gravado em vídeo. “Nem tenho palavras, minha felicidade é imensa, ele estava fazendo muita falta para mim”, descreve.
“Ele [Nick] ficou muito feliz, começou a abanar o rabinho, comecei a chorar, me reconheceu imediatamente. Está cheio de nó, provavelmente passou por perrengues e está triste, mas me reconheceu na hora”, finaliza.
Nick foi furtado de uma casa de veraneio no fim de novembro, em Praia Grande, SP
Arquivo Pessoal
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »