Litoral

Com retomada dos cruzeiros, Porto de Santos deve receber mais de 4 mil turistas neste fim de semana


MSC Seaside retoma viagens neste sábado (5), e o MSC Splendida no domingo (6). Temporada estava suspensa desde janeiro, após recomendação da Anvisa. Com retomada da temporada de cruzeiros, MSC Seaside partirá de Santos neste sábado (5)
Addriana Cutino/g1
Com a retomada da temporada de cruzeiros a partir deste sábado (5), a expectativa é de que mais de 4 mil passageiros embarquem neste fim de semana no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, administrado pelo Concais, em Santos, no litoral de São Paulo.
Segundo a MSC Cruzeiros, o MSC Seaside partirá de Santos neste sábado para uma viagem com duração de sete noites, com destino a Búzios, Ilha Grande e Rio de Janeiro. Já o MSC Splendida partirá no domingo (6) para um cruzeiro de sete noites com escalas em Porto Belo, Balneário Camboriú, Cabo Frio e Ilhabela.
De acordo com a companhia, são esperadas mais de 4 mil pessoas para embarcarem no Porto de Santos entre este sábado e domingo. A temporada 2021/2022 segue até o início de abril.
Temporada de cruzeiros é retomada neste sábado
Em nota, a MSC Cruzeiros afirma que abriu vendas para quatro novos minicruzeiros a bordo do MSC Preziosa, com embarques em Santos. Em 11 de março, o navio fará uma viagem de quatro noites visitando Ilha Grande e Búzios. Nos dias 18, 25 e 31 de março, o navio fará cruzeiros de três noites visitando Ilha Grande.
A MSC ressalta, ainda, que continuará a implementar medidas apropriadas para garantir que todos possam desfrutar de uma das opções de férias mais seguranças, enquanto vivem momentos a bordo. Dentre as medidas adotadas, estão a comprovação de vacinação completa para hóspedes a partir de 12 anos, apresentação de teste negativo de Covid-19 e seguro-viagem com cobertura para a doença antes do embarque, programa de testagem frequente a bordo, ocupação reduzida, ar 100% fresco e sem recirculação, medidas elevadas de higienização, uso de máscara, entre outras.
O Terminal Concais frisou, em nota, que manteve-se pronto para a retomada durante todo o período de paralisação, e que a previsão inicial da temporada era de que 237 mil cruzeiristas embarcassem em Santos, mas que, com a paralisação, 38 escalas foram suspensas, o que reduziu a quantidade em 42%.
Após retomada da temporada de cruzeiros, MSC Splendida partirá do Porto de Santos neste domingo (6)
Addriana Cutino/g1
Expectativa
O assessor técnico da Secretaria Municipal de Turismo, Marcelo Fachada, afirma que a expectativa é muito grande. “Essa retomada estava sendo muito aguardada, principalmente pelo número de empregos que gera o segmento dos cruzeiros marítimos”.
Segundo Fachada, os cruzeiros seguirão os protocolos sanitários, mas houve alteração nos cruzeiros de sete noites, que passaram a testar 100% dos passageiros no ato do embarque. “Também teve alteração em relação aos tripulantes, antes era 10% por dia por amostragem, agora todos são testados 100% semanalmente”.
A comerciante Tárcia Batista é uma das que embarca neste sábado. Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, ela afirmou que viaja de cruzeiros há mais de dez anos, e que é um ambiente seguro. “A gente já foi vacinado, já temos três vacinas, fizemos o teste para vir e negativou”, diz.
A professora Maria Beatriz de Oliveira perdeu um filho para a Covid-19, e acredita que o momento é de retomada. “Acho que agora a gente está conseguindo respirar e conseguindo pelo menos retomar a vida”, comenta.
MSC Seaside partirá, neste sábado do Porto de Santos para cruzeiro de 7 noites
Addriana Cutino/g1
Antecipação da retomada
A Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia) antecipou para 5 de março a retomada de cruzeiros no Brasil. A decisão foi divulgada na tarde da última quarta-feira (2). Em 25 de fevereiro, o Ministério da Saúde publicou uma portaria no Diário Oficial da União autorizando o retorno das operações a partir de 7 de março. No entanto, após o anúncio da Clia, o Ministério do Turismo confirmou a medida para o dia 5.
Todos os navios de cruzeiros que operam nesta temporada na costa brasileira — MSC Seaside, Splendida e Preziosa, e também os navios Costa Diadema e Fascinosa — cumpriram o período de suspensão na área de fundeio do Porto de Santos.
Conforme a Clia Brasil, serão 19 roteiros, com saídas programadas até 18 de abril de 2022, que passarão por oito destinos dos estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro, incluindo Balneário Camboriú, Itajaí, Porto Belo, Santos, Ilhabela, Rio de Janeiro, Angra dos Reis/Ilha Grande e Búzios.
Ainda segundo a associação, esse municípios “estão totalmente alinhados para implementar rigorosos protocolos de segurança, que valorizam a saúde das pessoas e garantem a alta qualidade das experiências oferecidas aos cruzeiristas”.
Relembre a suspensão
Conforme a Clia informou em janeiro, a suspensão “contrasta com a evolução positiva nos Estados Unidos, onde as autoridades de saúde reconhecem a eficácia dos protocolos da indústria de cruzeiros”.
A associação afirmou, ainda, que trabalha em nome da MSC Cruzeiros e da Costa Cruzeiros para alinhar com as autoridades do Governo Federal, Anvisa, estados e municípios as interpretações e aplicações dos protocolos operacionais de saúde e segurança contra a Covid-19 que haviam sido aprovados no início da atual temporada, no mês de novembro.
A associação defendeu os protocolos sanitários já adotados pelos cruzeiros realizados, antes do embarque, durante e também no desembarque. Reitera, também, o impacto econômico causado pelo setor na costa brasileira, que tinha previsão de movimentar mais de 360 mil turistas.
Anvisa recomendou suspensão definitiva
Ainda em janeiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao Ministério da Saúde e à Casa Civil da Presidência da República a suspensão definitiva da temporada de cruzeiros no Brasil, como ação necessária à proteção da saúde da população.
Segundo a agência reguladora, o documento encaminhado ao Ministério da Saúde e à Casa Civil contém a apresentação do cenário epidemiológico de Covid-19 nas embarcações de cruzeiro que operam a temporada 2021-2022, incluindo as intercorrências, por embarcação, desde o início de suas operações em território nacional.
A Anvisa explica que os protocolos que definiu para a operação dos navios de cruzeiro no Brasil trouxeram dispositivos que permitiram acompanhar o cenário epidemiológico nas embarcações durante quase dois meses, e foram fundamentais para se identificar rapidamente a alteração no número de casos a bordo na penúltima semana epidemiológica de 2021.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »