Mundo

Madeleine Albright, primeira mulher a ser secretária de Estado dos EUA, morre aos 84


O posto de secretário de Estado, nos EUA, é o equivalente ao de ministro de Relações Exteriores nos outros países. Albright foi secretária nos anos 1990, durante o governo de Bill Clinton. A família afirmou que a causa da morte foi um câncer. Ex-secretária de Estado dos EUA, Madeline Albright, em foto de arquivo
Chip East/Reuters/Arquivo
Madeleine Albright, a primeira mulher que ocupou o cargo de secretária de Estado dos EUA, morreu de câncer nesta quarta-feira (23), aos 84 anos.
O posto de secretário de Estado, nos EUA, é o equivalente ao de ministro de Relações Exteriores nos outros países.
Compartilhar pelo WhatsApp
Compartilhar pelo Telegram
O presidente Bill Clinton a escolheu para o posto em 1996. Ela foi secretária de Estado nos últimos quatro anos da gestão de Clinton.
Ex-secretária de Estado dos EUA, Madeline Albright, em foto de arquivo
Chip East/Reuters/Arquivo
Até a eleição de Kamala Harris como vice-presidente, em 2020, Albright foi a mulher que ocupou o cargo mais importante de um governo dos EUA, junto com Hillary Clinton, que foi secretária de Estado do governo Barack Obama.
No entanto, seu nome nunca foi considerado para um pleito presidencial —ela nasceu na República da Tchecoslováquia.
Bill Clinton, então presidente dos EUA, abraça Madeline Albright, então secretária de Estado americana em foto de arquivo
Reuters/Arquivo
Vida pós-governo
Em 2012, o presidente Obama deu a Albright a Medalha da Liberdade, a mais alta honra civil nos EUA.
Na ocasião, Obama disse que a vida dela era uma inspiração para todos os americanos.
Depois de deixar o cargo de secretária de Estado, ela chegou a criticar o sucessor de Clinton, o presidente George W. Bush, por não empregar tanta diplomacia e preferir empregar táticas mais relacionadas ao uso da força em relações internacionais.
Ela disse que Bush espantou os líderes árabes moderados e criou um conflito em potencial com os europeus.
Morte ao lado da família e de amigos
A família anunciou a morte de Albright por uma rede social. Segundo o texto, ela estava cercada de parentes e amigos.
“Perdemos uma mãe, avó, irmã, tia e amiga”, diz o texto.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »