Litoral

Trinta trabalhadores que ganharam na Mega-Sena em SP já resgataram R$ 83,6 milhões do prêmio após confusão


De acordo com a Caixa Econômica Federal, faltam apenas 14 cotas a serem resgatadas do bolão vencedor do concurso da Mega-Sena. Vencedores da Mega-Sena não apareceram no trabalho em Santos, SP, após bolão premiado
Reprodução/TV Tribuna
A Caixa Econômica Federal informou ao g1, nesta quarta-feira (6), que já foram resgatadas 30 das 44 cotas do bolão vencedor do concurso da Mega-Sena que premiou trabalhadores de uma mesma empresa portuária em Santos, no litoral de São Paulo. Com isso, só faltam 14 dos ‘sortudos’ resgatarem os prêmios. Cada ganhador receberá R$ 2.786.981,17. O valor resgatado, até agora, já passa dos R$ 83,6 milhões.
No total, o grupo, que se envolveu em uma confusão após o vazamento dos dados dos vencedores, ganhou R$ 122.627.171,80, valor que foi sorteado no concurso 2.468, no último sábado (2). O resultado fez com que o litoral paulista virasse, nas duas últimas semanas, uma espécie de ‘Capital Nacional da Mega-Sena’, já que, em menos de 15 dias, R$ 217.318.107,98 foram distribuídos para apostadores de Santos e Mongaguá.
Na última segunda-feira (4), no prêmio mais recente, os 44 profissionais contemplados ‘sumiram’ do expediente. Segundo apurado pelo g1, entre os vencedores, há pessoas da faxina, técnicos de diversos setores e até mesmo executivos que participaram do bolão. Muitos, inclusive, já manifestaram a intenção de se desligarem. Até o momento, porém, a Marimex, empresa que teve os colaboradores premiados, não se manifestou oficialmente.
Entenda como funciona a Mega-Sena e qual a probabilidade de ganhar o prêmio
Após os trabalhadores serem premiados, um anúncio feito pela empresa de logística portuária Marimex, por meio das redes sociais, gerou brincadeiras entre os internautas. No post, o grupo anuncia e comemora a chegada de 14 novos profissionais, horas depois de 44 colaboradores terem ganhado o bolão.
LEIA TAMBÉM:
Mega-Sena premia de faxineiras a executivos e provoca briga em empresa em SP
Litoral de SP vira ‘Capital da Mega-Sena’ após distribuir R$ 217 milhões em 15 dias
Na publicação, a empresa explica que os profissionais foram contratados para as áreas de desembaraço aduaneiro, governança e relacionamento, pricing, SSMA, STM, transporte, vendas e manutenção. Apesar do ‘timing’ da publicação, essas vagas já seriam preenchidas antes do sorteio.
O anúncio acabou viralizando com a expectativa de dezenas de vagas serem abertas, já que os ganhadores do bolão não apareceram para trabalhar após o sorteio.
Anúncio feito pela empresa de logística portuária Marimex, por meio das redes sociais, gerou brincadeiras entre os internautas
g1 Santos
O clima, porém, não é dos melhores. Segundo funcionários que preferem não se identificar, para proteger a identidade dos colegas, algumas pessoas que não participaram do bolão se revoltaram e vazaram informações particulares dos ganhadores, como páginas nas redes sociais e até mesmo o telefone celular dos ‘sortudos’.
‘Pé quente’
A lotérica Santo & Santo, onde foi feita a aposta que gerou a premiação, já havia sido “pé quente” em 2015, ao registrar o bilhete vencedor da Mega-Sena e distribuir mais de R$ 98 milhões.
Segundo a Caixa, a última vez que uma aposta única levou um prêmio maior do que R$ 100 milhões foi em outubro de 2020, quando a aposta vencedora ganhou R$ 103.029.826,38, na cidade de Abreu e Lima (PE).
O g1 questionou a empresa portuária se algum dos funcionários que participaram do bolão já pediu demissão após o prêmio, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
Lotérica Santo & Santo, em Santos, no litoral de São Paulo
Marcela Pierotti/G1
Aposta vencedora
Segundo informações da Caixa, a aposta foi feita por volta das 12h de sábado (2), dia do sorteio. Cada um dos 44 vencedores gastou R$ 17,18 para participar de dois jogos com nove números no total.
Os números sorteados foram: 22 – 35 – 41 – 42 – 53 – 57. Os vencedores ainda apostaram no 06, no 13 e no 46, que acabaram não sendo necessários para que a aposta fosse vencedora. Com isso, multiplicaram o valor apostado em mais de 162 mil vezes.
Na manhã da segunda, a lotérica estava aberta. Nos guichês, novos apostadores relataram que estavam ansiosos para serem as próximas “vítimas” dessa onda de sorte do estabelecimento, que em 2015 já havia sido “pé quente” ao registrar um bilhete vencedor da Mega-Sena de R$ 98 milhões.
R$ 15 mil por mês
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, em março, aumentar a Selic mais uma vez. Dessa forma, a taxa básica de juros passou de 10,75% para 11,75% ao ano. A Selic mais alta, porém, não traz mudanças para a rentabilidade da poupança. Com a taxa acima de 8,5%, o rendimento da poupança passa a ser de 0,5% ao mês, mais a Taxa Referencial (TR). No primeiro trimestre deste ano, a poupança rendeu 1,66%, ou seja, cerca de 0,553% ao mês.
As mudanças na economia indicam novas oportunidades de investimento, principalmente para quem ganhou uma bolada, como os sortudos que faturaram o prêmio da Mega-Sena, em Santos. Se cada ganhador desse concurso deixar o valor do prêmio na poupança, o dinheiro renderia cerca de R$ 15.400 ao mês.
Apostas da Mega-Sena feitas por funcionários de empresa em Santos, SP
Arquivo Pessoal
Outro prêmio no litoral de SP
No dia 19 de março, outro morador do litoral de São Paulo levou uma bolada de R$ 94 milhões da Mega-Sena. O prêmio foi suficiente para mudar a rotina da pequena cidade de Mongaguá, tanto que moradores se uniram para tentar desvendar o ‘mistério’ de quem seria o mais novo milionário do município.
Poucos dias após o sorteio, o ganhador foi até a Caixa Econômica Federal para resgatar o prêmio. Segundo divulgado pela Caixa, o ‘sortudo’ fez uma aposta única, no valor mínimo, e não participava de nenhum tipo de bolão. Por isso, ele levou todo o prêmio para casa sozinho.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »