Litoral

Parte de teto de berçário desaba e mãe denuncia infraestrutura precária em escola de Santos; FOTOS


Unidade foi inaugurada em 2019 e, conforme denúncia, já apresenta infiltrações e rachaduras. Parte do teto de berçário desabou e mãe denuncia infraestrutura precária em escola de Santos, SP
Reprodução
Parte do teto de uma sala do berçário de uma unidade de ensino municipal de Santos, no litoral de São Paulo, desabou no último fim de semana. A escola foi inaugura em 2019, mas, segundo denúncia, além da queda da placa, já necessita de manutenção em outros pontos, como o muro na parte de trás da unidade, que apresenta grandes rachaduras, e apresenta diversas infiltrações.
A queda do teto ocorreu em uma sala de Berçário I, onde ficam crianças a partir de 4 meses de idade, na UME Luiz Gonzaga Alca de Sant’Anna, no bairro Alemoa. A mãe de uma das crianças, Isabella Assis Ferreira, de 24 anos, contou ao g1 nesta quinta-feira (7) que a situação causou medo e indignação aos responsáveis pelas 12 crianças da sala de aula.
“Quando chegamos na segunda-feira e recebemos a notícia de que o teto tinha caído, eu fiquei tremendo de nervoso. Minha filha poderia estar ali naquele momento”, desabafa a vendedora.
Parte do teto de sala de aula de berçário caiu, e mãe denuncia infraestrutura precária em escola municipal de Santos, SP
Arquivo Pessoal
Segundo Isabella, a orientadora da escola não quis informar a data em que ocorreu a queda. Conforme a prefeitura, os alunos estão sendo atendidos normalmente em outras salas da unidade, que já passou por vistoria de técnicos da administração, na manhã desta quarta-feira (6).
“Visivelmente, não é suficiente para suportar todas as crianças e as professoras. E esse é apenas um dos problemas, as infiltrações estão por todos os lados, o muro na parte de trás da creche também está caindo, e por aí vai. É impressionante como ninguém faz nada”, lamenta.
“Acreditava ser um local seguro, e agora que vi todos esses problemas, estou bastante assustada e com medo de levar minha filha”, finaliza.
Unidade já passou por vistoria de técnicos da Prefeitura de Santos
Arquivo Pessoal
Em nota, a Prefeitura de Santos informou que a escola estava fechada, e a sala desocupada quando ocorreu a queda de uma placa de gesso do teto. O problema ocorreu em um período em que não havia funcionários na unidade, por isso, não é possível precisar o dia e horário exato do ocorrido.
A administração municipal afirma que já acionou a empresa responsável pela construção da escola, para que os reparos necessários sejam feitos imediatamente, dentro da garantia exigida em licitação, sem investimento de mais recursos públicos.
Segundo a mãe, muro na parte de trás da unidade apresenta rachaduras e ‘dá a impressão que vai cair’
Arquivo Pessoal
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »