Litoral

Construções irregulares e barracos abandonados são removidos de área de proteção ambiental em Praia Grande


Monitoramento da área é feito diariamente por meio de drones, imagens de satélite e câmeras de segurança. Local é monitorado diariamente ara evitar invasões irregulares
Divulgação
Construções irregulares e três barracos abandonados em uma área invadida dentro de local de preservação ambiental, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foram detectados durante operação da Prefeitura.
Os flagrantes aconteceram neste final de semana, no bairro Ribeirópolis, localidade que já passou pelo processo de congelamento. As irregularidades foram descobertas por meio de drones que sobrevoam as áreas protegidas.
Flagrante de irregularidades foi feito por meio de drones
Divulgação
Além dos drones, o trabalho de preservação e monitoramento é feito através de imagens de satélite e por câmeras de monitoramento instaladas em pontos estratégicos.
De acordo com a Administração Municipal, a área preservada é monitorada diariamente. Ao todo, 18 locais recebem atenção dos agentes públicos para evitar invasões.
Local invadido está congelado e faz parte de área de preservação ambiental
Divulgação
As ações de preservação são feitas em parceria entre a Comissão Especial e diversas secretarias municipais.
Os moradores e as famílias que estavam no local antes do congelamento da área, foram cadastrados pela secretaria de Habitação.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »