Litoral

Família fala em ‘angústia’ após PM morrer atropelado por caminhão e motorista fugir sem prestar socorro


Policial voltava de moto para a cidade onde morava, no litoral de São Paulo, quando foi atingido pelo caminhão. Família do soldado da PM que morreu atropelado relata ‘angústia’
Reprodução
A família do soldado da Polícia Militar Elvis Lenon Martins, de 29 anos, afirma estar “angustiada” pela morte do jovem na última semana. O PM não resistiu após ser atropelado por um caminhão na Rodovia Rio-Santos (SP-55), em Bertioga, no litoral de São Paulo. O motorista fugiu sem prestar socorro.
Em entrevista ao g1 nesta segunda-feira (2), a irmã do policial, Luana Martins, de 19 anos, disse que a família sente “angústia e tristeza” por dois grandes motivos: o caminhoneiro que fugiu ainda não foi identificado pela polícia; e as condições da via onde o acidente aconteceu, segundo eles, é perigosa.
Na quinta-feira (28), o soldado Martins voltava de Ilhabela para Mongaguá, onde morava, após uma Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (Dejem). Ele seguia para casa de moto, quando colidiu contra uma bicicleta que cruzou a via. Na sequência, um caminhão o atropelou. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.
PM que morreu atropelado tinha 29 anos e faria 30 no início de maio
Reprodução
Luana afirma que as condições da Rio-Santos são “muito perigosas”, e que, infelizmente, o acidente com seu irmão não foi o primeiro, e nem seria o último a acontecer, no que depender das condições da via. “Bem perigoso. Deveria melhorar a sinalização”.
A jovem ainda conta que, quatro dias após o acidente, a família ainda não tem atualizações sobre as investigações policiais. Os familiares ainda não têm informações sobre o ciclista que cruzou a Rio-Santos, nem do caminhoneiro que atropelou Elvis e fugiu sem prestar socorro.
“Com certeza, queremos justiça. Triste saber que um ser humano pode fugir assim, sem ao menos prestar um socorro. Uma vida se foi. Um filho, um pai, um irmão”, desabafa.
Policiais do 29° Batalhão de Polícia Militar do Interior prestam homenagem ao soldado
Homenagem policial
No sábado (30), equipes do 29° Batalhão de Polícia Militar do Interior prestaram uma homenagem ao soldado Martins. Na ocasião, os PMs utilizaram três viaturas e ligaram as sirenes, enquanto prestavam continência como forma de respeito ao jovem policial. A cena foi registrada em vídeo (confira acima).
Segurança na rodovia
Ao g1, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) afirmou, em nota, que há projetos para reduzir o número de acidentes na via. Confira a resposta na íntegra:
“Estão sendo executadas obras de melhoria na pavimentação da Rodovia Rio-Santos (SP-55), do Km 130 ao 247, que abrange os municípios de São Sebastião, Bertioga e Santos. A sinalização também será reforçada para melhorar a segurança dos usuários. A previsão para a conclusão total dos trabalhos é no próximo ano”.
Equipes do 29° Batalhão de Polícia Militar do Interior prestaram homenagem ao soldado Martins
Reprodução
Família de Elvis Lenon Martins aguarda respostas sobre envolvidos na morte do PM
Reprodução
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »