Litoral

SPA registra crescimento de 57% na movimentação de celulose no Porto de Santos no 1º quadrimestre deste ano


Contêiner sobe 8,7% em abril e atinge 415,5 mil TEU, maior marca da carga para o mês. No primeiro quadrimestre deste ano, o Porto registrou alta de 7% em relação a janeiro-abril de 2021.
Divulgação/ SPA
A Santos Port Authority (SPA) divulgou um balanço da movimentação de cargas do primeiro quadrimestre deste ano no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, e o destaque é a celulose. Segundo a autoridade portuária, a movimentação somou 2,6 milhões de toneladas, com uma alta de 57% sobre o mesmo período de 2021.
Segundo o diretor-presidente da SPA, Fernando Biral, esse alcance foi resultado da captação de investimentos privados por meio dos leilões de arrendamentos do Porto, como as áreas STS 14 e STS 14A para celulose que, juntas, envolvem aportes de R$ 380 milhões.
No total, a SPA endereçou a realização de um pacote de 11 leilões desde 2019, que devem garantir a contratação de R$ 7,1 bilhões em investimentos. Seis deles já foram realizados, entre os quais os STS’s 14 e 14A, e outros cinco estão programados para atender diversos segmentos de cargas.
No primeiro quadrimestre deste ano, o Porto registrou alta de 7% em relação a janeiro/abril de 2021 e atingiu 52,5 milhões de toneladas, a maior marca para o período. As exportações responderam pela maior parcela desse volume, somando 37,8 milhões de toneladas, mais de 7,5%. Já as importações, por 14,6 milhões de toneladas, ou seja, mais de 5,8%.
Outras cargas
Segundo a autoridade portuária, o maior volume de carga acumulado do quadrimestre coube à soja, com 14 milhões de toneladas, alta de 8,1% sobre o mesmo período do ano passado. O farelo de soja totalizou 2,8 milhões de toneladas, crescimento de 46,8% na base de comparação anual.
O resultado de abril chegou a 13,8 milhões de toneladas, ficando 0,2% acima do mesmo mês do ano passado e caracterizando-se como a maior marca para o mês.
Os fertilizantes cresceram 86,7% no mês, para 644,7 mil toneladas, e 37,1% no quadrimestre, chegando a 2,9 milhões de toneladas. Os embarques de óleo diesel e gasóleo também se destacaram no mês e no quadrimestre, com crescimentos de, respectivamente, 97,3% e 31,1%.
As operações de cargas em contêineres em abril também tiveram um bom desempenho, segundo a SPA, chegando a 415,5 mil TEU, a medida utilizada para um contêiner padrão de 20 pés. Esse resultado apresenta um crescimento de 8,7% sobre mesmo mês de 2021, mantendo-se como a maior marca para essa carga nesse período.
No acumulado do quadrimestre, a movimentação de contêineres somou 1,6 milhão de TEU, que representa uma ligeira queda de 0,4% em relação ao primeiro quadrimestre do ano passado.
Os granéis sólidos atingiram 26,8 milhões de toneladas, uma alta de 10,4% sobre o mesmo período do exercício passado, registrando a maior marca para o primeiro quadrimestre. Os granéis líquidos acumularam seis milhões de toneladas no quadrimestre, com crescimento de 2,4%, garantindo também o melhor desempenho para o período.
O número de navios atracados no Porto no quadrimestre chegou a 1.640, um crescimento de 2,4% sobre a mesma base de 2021.
Ainda de acordo com a SPA, a participação do Porto de Santos na corrente comercial brasileira em abril se manteve próxima a um terço, chegando a 29,8%. Uma parcela de 32,6% das transações comerciais com o exterior passaram pelo complexo portuário de Santos em 2022 e tiveram a China como país parceiro.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »