Litoral

Ecovias interdita trecho da entrada de Santos para continuar obras do novo viaduto da Zona Noroeste


Vigas serão colocadas no local para uma melhor sustentação. Os bloqueios estão previstos do km 63 ao km 64 da Rodovia Anchieta, no litoral de SP.
Divulgação/Ecovias
A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), fará interdições na Zona Noroeste, na entrada de Santos, no litoral de São Paulo, a partir da próxima segunda-feira (30). O bloqueio será feito para a colocação das vigas que darão sustentação ao novo viaduto da região.
O bloqueio será mantido de segunda a sexta-feira (3), entre o km 63 e km 64, das 22h às 5h. O novo viaduto ligará a região da Zona Noroeste (ZN) à Avenida Bandeirantes, em Santos, e também dará acesso à Via Anchieta, sentido São Paulo.
Os motoristas que precisarem utilizar o trecho entre os dias mencionados, saindo na via Marginal Sul em direção à ZN, devem seguir por rotas alternativas pela pista marginal Sul da Via Anchieta e por dentro do trecho urbano, já fora de concessão.
A Ecovias também informou que haverá sinalização e orientação por meio de placas, balizadores e painéis eletrônicos, o bloqueio conta com apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego de Santos.
Nova Entrada de Santos
Com investimento de R$ 346,2 milhões, a segunda fase das obras da Nova Entrada de Santos inclui a construção do novo viaduto, que servirá para o tráfego de veículos leves e pesados que saem da ZN em direção à Capital.
Também serão feitas melhorias para atender o aumento da demanda de veículos que passarão a utilizar o trecho da Avenida Bandeirantes (SP-148) e na ponte sobre o Rio Casqueiro, que terá sua capacidade de tráfego ampliada com a implantação de duas faixas adicionais.
Segundo a Ecovias, os moradores dos bairros localizados na entrada de Santos serão beneficiados com a nova fase de obras, já que, na próxima etapa, o trecho que há anos sofre com os danos causados pelas chuvas e alagamentos, vai receber um sistema de drenagem de águas pluviais, por meio de uma estação elevatória.
O pacote de obras também inclui a implantação de duas passarelas de pedestres, que serão construídas na altura do km 63, e devem contribuir com segurança viária das pessoas que passam pela região e que precisam atravessar de um lado para o outro da rodovia.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »