G1Litoral

Mulher recebe macarrão ‘cheio de bicho’ depois de linguiça estranha e pão mofado , através de aplicativo de entrega na Praia Grande, no litoral de São Paulo


Mulher fez as compras no mesmo mercado, através de aplicativo de entrega. Caso aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Mulher é surpreendida após comprar macarrão ‘cheio de bicho’
Uma moradora de Praia Grande, no litoral de São Paulo, encontrou diversos bichinhos dentro de dois pacotes de macarrão comprados no mercado Extra, no bairro Boqueirão, por meio do aplicativo iFood. Segundo Syllis Bezerra, de 48 anos, o produto parecia estar “velho”. O biólogo Eric Comin explicou que esses bichos são carunchos, pequenos besouros, e podem passar verminoses [doenças causadas por vermes] (confira o vídeo acima).
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
As duas empresas envolvidas informaram, por meio de nota (veja abaixo), que já solucionaram o problema, mas Syllis não ficou satisfeita.
“Eu me senti lesada, prejudicada . Eu ia até comer uma macarronada no domingo e não comi. Cheio de bicho”.
O caso aconteceu no último domingo (10), quando Syllis fez compras pelo aplicativo. Segundo ela, os demais produtos estavam em perfeito estado, com exceção dos pacotes de macarrão. “Quando o meu marido foi abrir o pacote, estava cheio daqueles bichinhos pretos dentro. Estava corroído nas pontas [o macarrão]. Esses bichinhos comem a massa”, lembrou.
A cliente afirmou que se tivesse visto a embalagem no mercado, com certeza não compraria. Ela disse não ter olhado o prazo de validade porque ficou com nojo, mas tem certeza que se tratava de um produto velho.
Linguiça com gosto estranho
No dia anterior, ela havia comprado uma linguiça do mesmo mercado. O produto, de acordo com Sillys, foi parar no lixo por estar com um gosto estranho.
Há aproximadamente um mês, no mesmo estabelecimento, disse ter recebido um pacote de pão mofado. Para ela, o macarrão “foi a gota d’água”. “Gostaria muito que a vigilância sanitária fosse lá no estoque para ver como está a situação”, pediu.
Moradora de Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi surpreendida ao abrir pacote de macarrão “cheio de bicho”
Arquivo Pessoal
Leia também:
Churrasco termina em ‘vômito coletivo’ após larvas serem achadas em peça de carne
Exame encontra formol em salmão comprado no Extra no litoral de SP
MP instaura inquérito para apurar eventual venda de carnes e produtos vencidos
Amigos criam aplicativo que promete acabar com o desperdício de comida em SP
Carunchos
O biólogo Eric Comin explicou que esses bichos que vieram nos pacotes de macarrão são carunchos, pequenos besouros, e podem passar verminoses [doenças causadas por vermes]. Eles costumam ser encontrados dentro dos pacotes de alimentos, normalmente de arroz, farinhas, macarrão e biscoitos.
De acordo com o biólogo, a presença de carunchos é um indício de falta de higiene e armazenamento precário dos produtos. Eles podem sobreviver da produção agrícola até as gôndolas de supermercados, e também apresentam ameaça à segurança sanitária do estabelecimento.
Ainda segundo Comin, dependendo da espécie de caruncho, a fêmea pode depositar até 400 ovos de uma só vez. “Os primeiros passos para acabar com uma infestação consistem na limpeza e na organização do recinto”, explica.
Devolução
Syllis conta que chegou a fazer uma avaliação positiva da entrega, pela rapidez, o que dificultou na hora de informar o que tinha acontecido. Quando conseguiu, foi informada que a devolução do dinheiro seria em até 30 dias, então solicitou a troca dos pacotes.
“Eles podem vir com uma centena de [pacotes de] macarrão, mas a atitude deles foi de má-fé, foi intencional mesmo. Não foi sem querer não. Faltou respeito com todos nós consumidores”, finaliza.
Os bichos encontrados nos pacotes de macarrão eram carunchos
Arquivo Pessoal
Aplicativo de entrega
Em nota, o iFood lamentou o “transtorno” e informou que realizou o atendimento à cliente pelo aplicativo. “Após o contato, o valor da compra foi estornado do cartão, que tem prazo de reembolso de acordo com a empresa administradora do cartão”.
Mercado
Em nota, o Extra informou que cumpre a legislação sanitária que rege a oferta de alimentos e possui um rigoroso processo de controle dos produtos comercializados em suas lojas. Sobre o caso relatado, a rede disse que realizou a troca do produto por um item de outra marca e tipo, conforme solicitado pela cliente, e recolheu o pacote.
“A loja inspecionou todas as embalagens de macarrão que estavam na área de vendas e não constatou nenhuma irregularidade tratando-se, portanto, de um caso pontual. A rede vai comunicar o fornecedor para iniciar o processo de análise do ocorrido”.
Marca do macarrão
O g1 entrou em contato com a marca dos pacotes de macarrão, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »