G1Litoral

Travessia entre Guarujá e Bertioga, no litoral de SP, é liberada apenas para pedestres e ciclistas


De acordo com o Departamento Hidroviário, o acesso a carros, motos e veículos pesados será liberado em etapas posteriores, ainda sem datas. Retorno da operação de balsas entre Bertioga e Guarujá sofre atraso e continua sem previsão
Departamento Hidroviário/Divulgação
Foi liberada, por volta das 17 horas desta quarta-feira (20), a travessia entre Guarujá e Bertioga, no litoral de São Paulo, apenas para ciclistas e pedestres. O serviço estava totalmente suspenso desde o último dia 12 de junho, quando um flutuante da balsa cedeu e foi engolido pela maré alta.
Agora, conforme o Departamento Hidroviário (DH) serão realizados testes de carga em um dos lados da ponte para permitir o embarque e desembarque de veículos leves. Ainda não há prazo para a conclusão dessa análise, de acordo com os técnicos responsáveis.
No dia 12 de junho, no lado do Guarujá, o flutuante de 70 toneladas foi engolido pelo mar. O incidente foi causado pela força da maré, que soltou os cabos e amarras do flutuante e fez a ponte de 70 toneladas afundar três metros.
Leia também:
Flutuante de balsa é engolido pelo mar durante ressaca em SP instantes antes de carros passarem pelo local; VÍDEO
Flutuante ‘engolido’ pelo mar é içado e passa por testes para voltar a operar na travessia de balsas no litoral de SP; VÍDEO
Flutuante foi retirado por guindaste
O trabalho de içamento do flutuante foi feito no dia 14 de julho, com o auxílio de um guindaste de mais de 300 toneladas e 40 metros de altura. Segundo o DH, uma equipe com mais de 50 pessoas, entre mergulhadores, engenheiros e rebocadores, esteve envolvida na operação.
A estrutura de aço galvanizado e madeira foi retirada de uma profundidade de três metros. Ela passou por limpeza e lavagem, para retirar o barro e a sujeira presa na madeira.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »