G1Litoral

Cadeirante dá ‘sapatadas’ em homem após ser atacado com água em SP.


Enquanto jogava água, o homem falava: “toma banho, seu pilantra”. Cadeirante se arrastou na calçada para alcançar o agressor, jogando sapato e roupa nele. Vídeo flagra homem jogando água em deficiente, que revida com sapatada: ‘seu bosta’
Um deficiente físico foi agredido por um homem em uma avenida de Apiaí, no interior de São Paulo. Uma mulher que passava pelo local flagrou o momento em que o agressor jogou água no cadeirante, que estava sentado na calçada e tentou se defender (vejo vídeo acima). Ele chegou se arrastar para brigar com o homem, que jogou ainda mais água. A Polícia Militar foi acionada, mas o agressor fugiu.
A confusão aconteceu em frente à Escola Estadual Silvia Noemia, localizada na Avenida Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, no bairro Pinheiros. Segundo uma mulher, que não quis ser identificada, a briga começou sem motivo aparente. Ela explicou que o cadeirante está sempre no local, sentado em uma almofada no chão.
Homem se aproxima de cadeirante para jogar água
Reprodução
“O deficiente, conhecido como Zilo, estava sentado lá na calçada como de costume. Ele sempre fica lá tomando sol, nunca vi e nem soube dele mexer com alguém. O agressor é conhecido pelo apelido de ‘Cheirosinho’ e todos do bairro sabem da fama dele, pois ele usa drogas, bebe, arruma encrenca com várias pessoas e passa xingando”, afirmou.
De acordo com a testemunha, que estava no local buscando a filha na unidade escolar, ‘Cheirosinho’ passou xingando o ‘Zilo’, e depois voltou com um balde cheio de água. “Ele [o agressor] apareceu mais uma vez com outro balde e jogou mais água”.
Homem joga balde de água em cadeirante e vítima revida com chineladas
Reprodução
Revoltada com a situação, a testemunha chamou a Polícia Militar e gravou o momento da briga. Nas imagens, é possível ver um homem de camiseta vermelha com um balde na mão e jogando água na vítima. “Vai tomar um banhão”, “toma banho, seu pilantra”, diz o homem.
O agredido se arrasta pelo chão, e responde ao ataque jogando roupas e sapatos no homem de vermelho, além de chamá-lo de “seu bosta”.
Deficiente físico revida agressão jogando um sapato
Reprodução
“Quando vi essa cena, senti muita raiva e revolta. Isso é uma coisa inaceitável e nada justificaria uma atitude desta. Realmente um absurdo. Já presenciei o ‘cara’ que fez isso [jogou água] arrumando encrenca e fazendo bagunça em vários lugares”, desabafou a testemunha.
Ao g1, a PM confirmou que foi acionada, porém, só localizou o cadeirante. O agressor envolvido na discussão não foi encontrado. “O cadeirante informou que já tem um boletim de ocorrência de desinteligência [desentendimento] registrado na Delegacia de Polícia, e que não iria registrar o fato no momento”, informou a PM.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »