G1Litoral

Sobrevivente de acidente com van que matou quatro no interior de SP se emociona com ‘oportunidade de Deus’; VÍDEO


Vitorino Celestino de Pontes, de 85 anos, ficou em estado grave após a van em que estava colidir contra um caminhão, na Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado, na altura de Capão Bonito (SP). ‘Eu não vi o desastre’, diz sobrevivente de acidente que matou quatro pessoas
Vitorino Celestino de Pontes, de 85 anos, sobreviveu a um acidente gravíssimo, que terminou com a morte de quatro pessoas. O aposentado estava com outras seis vítimas em uma van da Prefeitura de Apiaí, no Interior de São Paulo, que seguia para hospitais da região de Sorocaba (SP), mas, na altura de Campo Bonito (SP), o veículo colidiu contra um caminhão. Recuperado das lesões físicas, ele gravou um depoimento emocionado: “Deus colocou a mão e me deu mais uma oportunidade”.
“Eu, na verdade, não vi o desastre, não tenho lembrança de nada. Ninguém diz que eu passei por esse acidente que matou quatro na hora”, contou emocionado. A fatalidade ocorreu na manhã de 30 de agosto, na Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado (SP-250).
Entre os quatro mortos, quatro pacientes e o motorista da van. Os passageiros estavam sendo conduzidos a hospitais para consultas e exames de rotina. Vitorino sofreu luxações e foi encaminhado em estado grave à Santa Casa de Misericórdia de Itapeva, onde ficou internado e em observação.
‘Eu não vi o desastre’, diz Vitorino Celestino de Pontes sobrevivente de acidente que matou quatro pessoas de Apiaí
Reprodução/Apiaienses Bravos
Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Vitorino agradeceu o apoio dos moradores de Apiaí e falou sobre o sentimento de gratidão e a emoção em estar vivo. (veja vídeo acima)
“Apesar do susto e da surpresa desagradável que tivemos, eu passei por ela. Graças a Deus estou vivendo. Deus colocou a mão e me deu mais uma oportunidade. Agradeço o apoio do grande povo de Apiaí, que tem me abraçado por eu estar vivo. É gratificante. Eu estou recebendo um presente. […]Emocionante! Eu não saio de casa sem fazer minha oração. Eu oro todos os dias de manhã cedo e a noite”, desabafou.
Mulher que sobreviveu ao acidente morre após 21 dias
Maria de Fátima Gonçalves Santos, de 64 anos, morreu na manhã de terça-feira (20), 21 dias após o acidente. Ela estava em casa em Apiaí, no interior paulista. A Associação Beneficente de Apiaí, responsável pelo Hospital Dr. Adhemar de Barros, local onde a paciente foi conduzida, afirmou que o óbito não tem relação com o acidente.
“Lamentavelmente, a paciente chegou em óbito no Hospital Dr. Adhemar de Barros no dia 20/09/2022, não sendo possível relacionar o óbito com sequelas do acidente. Deixamos nossos mais sinceros pêsames”, ressaltou, em nota.
Maria de Fátima Gonçalves Santos, de Apiaí, morreu nesta terça-feira (20), 21 dias depois do acidente de trânsito que matou quatro pessoas da van onde ele estava
Divulgação/Apiaienses Bravos
Sobre o acidente
Quatro pessoas morreram e outras três ficaram feridas após o acidente entre uma van da Secretaria de Saúde de Apiaí e um caminhão, na Rodovia Sebastião Ferraz de Camargo Penteado em Capão Bonito, no dia 30 de agosto. Entre os mortos estão o motorista e três mulheres de Apiaí.
Van da secretaria de saúde de Apiaí transportava sete pessoas, quatro morreram no acidente em Capão Bonito
Divulgação
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o condutor da carreta contou que dirigia sentido Guapiara, enquanto o micro-ônibus passava na pista sentido leste, quando ele sentiu um ‘forte impacto’ no último semirreboque.
A PMR informou que o motorista da carreta realizou o teste de etilômetro, com resultado negativo para ingestão de álcool.
Foram confirmados quatro óbitos no local. De acordo com a PMR, os corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga. Duas pessoas ficaram em estado grave, porém com a saúde estável, e foram encaminhadas para a Santa Casa de Capão Bonito. Um idoso com ferimentos leves retornou para Apiaí.
Acidente em Capão Bonito envolveu um caminhão e uma van que transportava pacientes médicos de Apiaí
Divulgação
Veja quem são as vítimas
Mortes confirmadas
Reginaldo Pereira de Lima – motorista, 42 anos
Janice Dias dos Santos Cosmo – paciente, 45 anos
Gracie Aparecida N. Pontes – paciente, 30 anos
Sara Marcelina dos Santos França – paciente, 60 anos
Motorista Reginaldo, e mais quatro moradoras de Apiaí, Gracie, Janice e Sara, morreram no acidente em Capão Bonito
Reprodução/Apiaienses Bravos
Sobreviventes
Vitorino Celestino de Pontes – paciente, 85 anos
Maria de Fátima Gonçalves Santos – acompanhante de paciente, 64 anos
José Carlos das Santos – acompanhante de paciente, 51 anos
José Carlos, Maria de Fátima e Vitorino foram os sobreviventes do acidente
Reprodução/Apiaienses Bravos
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »