Mundo

Você viu? Primeira semana da Copa, adeus ao Erasmo Carlos, volta das máscaras, coligação de Bolsonaro multada e cochilo no balé


Uma seleção de reportagens publicadas no g1 com as notícias de 21 a 25 de novembro. As surpresas, as comemorações e os protestos da primeira semana da Copa do Mundo do Catar. O adeus a Erasmo Carlos. A “volta” das máscaras e as novas vacinas aprovadas pela Anvisa. A multa aplicada ao partido de Bolsonaro por mais uma contestação do resultado das urnas. E a pequena Cecília, que viralizou com uma sonequinha no meio da apresentação de balé.
📩 Newsletter: receba um resumo de notícias do dia no seu e-mail
Primeira semana da Copa do Catar
Richarlison foi autor dos gols na estreia do Brasil na Copa
Reuters/Yukihito Taguchi-USA TODAY Sports
Para os brasileiros, foi só comemoração: a estreia da seleção na Copa do Mundo do Catar veio com os gols de Richarlison e a saborosa vitória de 2 a 0 sobre a Sérvia. Mas os dias iniciais do torneio foram marcados muito mais por surpresas e polêmicas. A Argentina, por exemplo, amargou uma zebra histórica ao perder para Arábia Saudita, por 2 a 1, depois de ter saído na frente no placar. Em outro resultado bastante inesperado (e também com virada), o Japão fez 2 a 1 na tetracampeã Alemanha. A comemoração em Tóquio impressionou.
Nos estádios e fora deles, o clima de protesto e de controvérsias chamou a atenção. Após a expectativa do uso, por jogadores europeus, de braçadeiras em defesa da comunidade LGBTQIA+, que sofre repressão no Catar, uma suposta chantagem os fez desistir da ideia. Diante disso, os jogadores alemães posaram para a foto oficial antes da partida com a boca tapada pelas mãos. Os dinamarqueses também optaram por protestar contra o país anfitrião. Já os atletas ingleses fizeram ato contra o racismo e se puseram de joelhos no chão. E os iranianos deixaram de cantar o hino em defesa da liberdade das mulheres do Irã.
‘POMBO’: Entenda o apelido do autor dos gols na estreia do Brasil na Copa
ESPOSA DE CRAQUE: Hospedagem em navio, compras e mais da viagem ao Catar das esposas dos jogadores
BANDEIRA DE PERNAMBUCO: Brasileiro tem bandeira tomada após a confundirem com apoio a LGBTQIA+
Adeus ao Tremendão
Erasmo Carlos morre aos 81 anos
Pioneiro do rock brasileiro e ícone da Jovem Guarda, Erasmo Carlos, o Tremendão, morreu na terça-feira (22) aos 81 anos. O artista teve uma inflamação na camada de gordura que fica abaixo da pele, quadro que se agravou em decorrência de uma infecção generalizada. Compositor de mais de 600 músicas, incluindo clássicos como “É proibido fumar”, “Sentado à Beira do Caminho” e “Quero que tudo vá para o inferno”, Erasmo deixa uma legião de fãs e amigos que fez pela estrada.
Roberto Carlos, amigo e parceiro em inúmeras canções, esteve entre as últimas pessoas a falar com Erasmo, por telefone. Depois da perda, o rei comentou, emocionado:
“Nem sei como dizer tudo o que eu penso desse meu amigo, desse meu amigo querido, meu grande irmão, meu ídolo. […] É um privilégio, para mim, ter um amigo assim, um irmão, por todos esses anos”.
O ASSUNTO: Erasmo e Roberto Carlos foram a dupla ‘Lennon e McCartney’ do Brasil, diz produtor
MAURO FERREIRA: Obra autoral de Erasmo Carlos é diversa e transcende a parceria fundamental com Roberto Carlos
VÍDEOS: Relembre momentos da vida e da carreira de Erasmo
Volta das máscaras
Uso de máscaras de proteção facial volta a ser obrigatório em espaços de atendimento de saúde em Rio das Ostras, no RJ
Divulgação/Prefeitura de Rio das Ostras
O crescimento dos casos de Covid-19 no Brasil fez a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tomar duas importantes decisões nesta semana. As máscaras voltaram a ser item obrigatório para quem viaja de avião. Elas deverão permanecer no rosto dos viajantes durante os voos e também nos aeroportos. No interior das aeronaves, o item só poderá ser removido para alimentação ou hidratação. A mudança começou a valer nesta sexta-feira.
O órgão também aprovou o uso das vacinas chamadas bivalentes, da Pfizer, que poderão ser aplicadas no Brasil na população acima de 12 anos. Este tipo de imunizante mostrou aumento substancial nos níveis de anticorpos neutralizantes que protegem da ômicron e suas variantes, segundo a fabricante. Apesar da aprovação, o Ministério da Saúde não informou se já negocia com a Pfizer a compra de novos lotes.
Partido de Bolsonaro multado
O presidente Jair Bolsonaro durante pronunciamento nesta terça (1º) em Brasília
Eraldo Peres/AP
O PL, partido presidente derrotado na tentativa de reeleição, Jair Bolsonaro, foi multado em R$ 22,3 milhões por ter acionado a Justiça ao apresentar um relatório no qual pediu a verificação do resultado do 2º turno das eleições. A decisão foi tomada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, que considerou que não foi apresentada qualquer prova ou indício de fraude.
A multa foi aplicada pelo ministro na quarta-feira (23). Ele inicialmente condenou as legendas da coligação (formada também por PP e Republicanos) por litigância de má-fé – quando alguém aciona a Justiça de forma irresponsável. Entretanto, o PP e o Republicanos disseram que discordam totalmente da reclamação do PL sobre as urnas e alegaram que não foram consultados sobre o pedido no TSE.
Também teve isso…
O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques, virou réu por improbidade administrativa por uso indevido do cargo ao, por exemplo, ter pedido votos para Bolsonaro nas eleições presidenciais deste ano. O Ministério Público pediu que ele seja afastado do cargo. Vasques, que está de férias, ainda deverá ser ouvido antes de a Justiça decidir sobre o caso.
O ASSUNTO: Sem plano B, Bolsonaro não sabe como liderar oposição, diz analista
ATO GOLPISTA: Pai se desespera em bloqueio que impedia menino de fazer cirurgia para não ficar cego
‘Acorda, Cecília’
Cecília dormindo no palco durante apresentação.
Arquivo pessoal
Era o grande dia de Cecília, a menina de 4 anos que vinha ensaiando em casa para a apresentação de balé. Mas quando subiu ao palco, diante de famílias ansiosas pela coreografia das pequenas bailarinas, a criança acabou se rendendo ao cansaço e caiu no sono. “Acorda, Cecília, deixa para dormir em casa”, gritava a mãe da menina aos risos. No final, a Cecília se levanta no susto e se juntou ao grupo com passos impecáveis. O vídeo, é claro, acabou viralizando. Leia a história completa aqui e veja o vídeo abaixo.ou
‘Acorda, Cecília’: Criança de 4 anos dorme durante apresentação de balé na Grande SP

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »