G1Litoral

Família viaja ao Catar para acompanhar a Seleção na Copa do Mundo e vê o Brasil conquistar as ruas de Doha


Diversidade cultural também chama a atenção dos torcedores, que veem a competição como uma grande confraternização. Família santista que está no Catar se prepara para o segundo jogo da seleção brasileira no Mundial
Marcus Vinícius Cleto
Uma família de Santos, no litoral de São Paulo, viajou ao Catar com o objetivo de assistir a grandes jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, que já venceu a Sérvia na estreia por 2 a 0. Entretanto, é a diversidade cultural vivenciada em Doha, e o carinho dos demais torcedores pelos brasileiros que tem feito os olhos dessa turma brilhar.
“É encantador. Por aqui vemos várias pessoas se confraternizando em torno do futebol. Estamos conhecendo outra cultura e está surpreendente. Espero dar sorte ao time e ganhar a copa”, disse o funcionário público Marcus Vinicius Cleto, de 36 anos, que se planejou para ficar no Catar até as oitavas de final da competição.
O empresário Thomaz Cleto, de 38, que também está na excursão, se mostrou impressionado com o sucesso do Brasil fora de campo, com torcedores de outros países vestindo o uniforme e vibrando com a Seleção, que enfrenta a Suíça, nesta segunda-feira (28), às 13h [horário de Brasília].
“A grande maioria dos indianos torce para o Brasil. Eles estão usando a camisa e festejam os gols durante os jogos. As torcidas se misturam e todos entram no clima. Tudo fica em paz”. Thomaz ressaltou, ainda, não ter dúvidas de que a Seleção vai brilhar em campo.
Em relação ao segundo jogo contra a Suíça, Marcus acredita que o Brasil vai sentir a falta de Neymar, que se lesionou contra a Sérvia, mas tem certeza de que o substituto do camisa 10 dará conta do recado. “A ansiedade está grande, mas meu palpite será 3 a 1para o Brasil”, disse.
Marcus Vinicius Cleto, de 36 anos, disse que essa é a segunda copa dele e que espera o hexa.
Marcus Vinícius Cleto
Festa brasileira
Uma curiosidade, segundo Thomaz, tem a ver com as restrições às bebidas alcoólicas no Catar, que são comercializadas apenas em uma área, e com limite de horário. Apesar disso, ele contou que para o povo brasileiro não tem tido tempo ruim.
“Após um certo horário tudo começa a fechar, mas os brasileiro, até andando na rua, fazem festa e animam os outros torcedores. Você anda na rua com a camisa do Brasil ou com alguma identificação brasileira e as pessoas param pra tirar foto, querem abraçar, te recebem com alegria”, finalizou.
Família santista que está no Catar se prepara para o segundo jogo da seleção brasileira no Mundial
Thomaz Cleto
Última partida
O Brasil encerra sua participação na fase de grupos contra o Camarões na sexta-feira, 2 de dezembro, às 16h. O jogo será no Estádio de Lusail.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos
q

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »