Mundo

Iraniano é preso na Alemanha por planejar um ataque químico


Policiais acreditam que o ato teria motivações terroristas, mas não estaria ligado ao Estado Islâmico. Homem acusado de planejar ataque químico é levado pelos oficiais para fora de sua casa na Alemanha
Karsten Wickern/dpa via AP
Um iraniano de 32 anos foi preso na Alemanha por suspeita de planejar um ataque com produtos químicos mortais, disseram autoridades neste domingo (8).
A polícia e os promotores disseram que o homem e outra pessoa foram detidos durante a noite na cidade de Castrop-Rauxel, a noroeste de Dortmund.
Em um comunicado conjunto, eles disseram que o homem é suspeito de ter planejado um ataque sério motivado pelo extremismo islâmico, para o qual ele teria procurado obter as potentes toxinas cianeto e ricina.
Oficiais deixam a casa de iraniano acusado de planejar um ataque químico na Alemanha
Christoph Reichwein/dpa via AP
Especialistas vestindo trajes anti-contaminação foram vistos carregando evidências para fora da casa do homem.
Não ficou imediatamente claro o quão avançados estavam os planos para um ataque e se o suspeito havia escolhido um alvo específico.
O jornal tablóide Bild informou que as pistas sobre o suposto plano vieram de uma agência de inteligência aliada ao governo alemão.
Autoridades citaram um oficial de segurança alemão não identificado dizendo que não havia indicação de que o suspeito tivesse agido em nome do Estado iraniano, mas sim de que ele supostamente apoiava um grupo extremista sunita.
Oficiais deixam a casa de iraniano acusado de planejar um ataque químico na Alemanha
Christoph Reichwein/dpa via AP
Cinco anos atrás, a polícia alemã prendeu um homem tunisiano e sua esposa sob suspeita de planejar um ataque de ricina em nome do grupo Estado Islâmico. Posteriormente, eles foram considerados culpados e condenados a 10 e oito anos de prisão, respectivamente.
Mesmo pequenas quantidades de ricina, que é produzida a partir das sementes da mamona, podem matar um adulto se ingeridas, injetadas ou inaladas.

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »