G1Litoral

Empresária de 16 anos vende quase 2 mil peças de roupas em 8 horas de live: ‘clientes competiam pelas peças’


Loja de roupas de Nicolly Esteves, de 16 anos, ficou sem nenhum produto após as vendas. Adolescente de 16 anos vende quase 2 mil peças de roupas em oito horas de ‘live’, em São Vicente, SP
Arquivo Pessoal
Aos 16 anos de idade, Nicolly Esteves já é uma empresária de sucesso. Com o intuito de conseguir dinheiro para trazer uma nova coleção para a sua loja de roupas, localizada na Área Continental de São Vicente, no litoral de São Paulo, a adolescente decidiu fazer uma live [transmissão de vídeo e áudio ao vivo] para vender todo o estoque, e deu certo.
Durante oito horas seguidas ao vivo para as suas clientes, Nicolly vendeu quase duas mil peças, que após serem entregues, deixaram o estabelecimento vazio. “Tinha 300 pessoas assistindo e interagindo o tempo todo. Se me perguntarem como eu consegui segurar esse povo todo, nem eu sei explicar”, afirmou.
Ao g1, Nicolly contou que essa é a segunda live que fez, sendo que a primeira foi durante a pandemia. No entanto, ela afirmou que não entende absolutamente nada sobre marketing e a divulgação foi feita em cima da hora, por meio de uma postagem nas redes sociais.
“Muito amor, carinho e sendo eu mesma acho que foi o fundamental para conseguir chegar onde alcancei”.
Após o vídeo ao vivo, com a ajuda dos seus pais e de uma amiga, a adolescente precisou de três dias para conseguir entrar em contato com todas as clientes e entregar os pedidos. Além da Baixada Santista, pessoas de todo o Brasil entraram e compraram na live.
Loja de roupas da Nicolly Esteves, de 16 anos, ficou vazia após a live
Arquivo Pessoal
Dinâmica
Nas oito horas seguidas, Nicolly falava algumas opções de combinações com as peças disponíveis, qualidade do tecido e as cores e tamanhos disponíveis. A primeira pessoa que falasse ”eu quero” ficava com a roupa. “As próprias clientes competiam muito pelas peças, disputavam entre elas”, lembra.
De acordo com a adolescente, sugerir ocasiões para cada roupa, deixar as clientes escolherem as músicas do fundo, interagir ao máximo com os comentários e as promoções, ajudaram nas vendas durante a live. Além disso, a cada troca eram realizados sorteios de produtos do comércio da Área Continental de São Vicente, como: salão de beleza e pizza.
Durante a transmissão, Nicolly e a mãe ficaram responsáveis em mostrar as peças. Enquanto o pai colocava os pedidos em sacolas, e uma amiga anotava os valores e contato das clientes.
Sucesso
Desde criança, Nicolly falava para os seus pais que seria operadora de caixa. Hoje, ela acredita que o seu sonho sempre foi trabalhar com vendas, mas ainda não sabia explicar. A oportunidade apareceu há três anos, quando foi ser modelo de uma loja, e as pessoas, que viram as fotos, começaram a pedir mais informações. Ela perguntava para a dona do estabelecimento, mas não tinha resposta.
Então, com a ajuda do seu pai, Nicolly decidiu criar a própria loja de roupas. “Sempre gostei muito de vender, essa é a parte que mais gosto. Independente do dinheiro, atendo todas as minhas clientes como se fossem únicas com muito amor e dedicação”.
O próximo passo da adolescente é se especializar na área de vendas e trazer ao menos uma live por mês. Por fim, Nicolly afirmou que o seu grande sonho é ter uma única loja grande na Baixada Santista e lecionar cursos para adolescentes menores de idade que sonham em empreender, assim como ela.
Nicolly Esteves, de 16 anos, fez a divulgação da live de vendas horas antes
Arquivo Pessoal
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »