G1Litoral

PM baleado na cabeça morre após um mês internado no litoral de SP


Vítima foi baleada em 8 de dezembro do ano passado, passou por cirurgia e morreu no Hospital Municipal de São Vicente, no litoral de SP. Atirador que foi preso e depois solto tem contra ele um mandado de prisão expedido pela Justiça. Policial militar aposentado é baleado em São Vicente
Um policial militar aposentado, de 66 anos, morreu após passar um mês internado no Hospital Municipal de São Vicente, no litoral de São Paulo, onde era cuidado por uma equipe médica após ter levado um tiro na cabeça em um comércio na Rua Frei Gaspar, no bairro Catiapoã.
A família da vítima, que preferiu não identificá-la, só confirmou que a morte ocorreu na madrugada de domingo (8), por volta das 4h.
O PM aposentado foi baleado em 8 de dezembro do ano passado. Ele estava do lado de fora de um comércio quando foi surpreendido por três criminosos. Um deles, armado, tomou a frente da vítima e atirou contra a cabeça dela, enquanto os demais aproveitaram para roubar a arma, um revólver calibre 38. (veja o vídeo acima)
PM aposentado é baleado na cabeça no Centro de São Vicente (SP).
Reprodução
O atirador, de 20 anos, chegou a ser preso, mas foi liberado. Em 19 de dezembro, porém, a Justiça expediu um mandado de prisão contra o criminoso. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), mas até a publicação dessa matéria não obteve respostas se procurado havia sido detido.
À época dos fatos, a Polícia Militar foi acionada e encontrou o aposentado ferido no chão ainda consciente, mas em estado de choque. Ele foi socorrido ao Hospital Municipal de São Vicente, o antigo Crei, onde passou por cirurgia e permaneceu sendo cuidado até a morte.
O caso está registrado no 1º DP de São Vicente, que dá sequência às investigações para localizar os outros dois participantes do crime.
Morte cerebral
O investigador aposentado pela Polícia Civil, Carlos Eduardo Franco, de 62 anos, teve a morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (8), após ter sido baleado na cabeça por criminosos, na Zona Noroeste, em Santos. A vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Santa Casa, onde permaneceu recebendo cuidados médicos por três dias.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »