G1Litoral

Aniversariantes espantam o ‘azar’ da sexta-feira 13 e celebram a vida: ‘número da sorte’


Ano terá duas sextas-feiras 13, esta de janeiro e outra em outubro. Uma mãe e um filho vão apagar as velinhas nas duas ocasiões. Assim como a professora de natação, o marido e o filho dela também nasceram no dia 13 e consideram a data especial
Arquivo Pessoal
A sexta-feira 13, que geralmente é temida por supersticiosos, chegou e, contrariando aqueles que acreditam que ela traga azar, estão uma jornalista e uma professora de natação da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. Ambas acreditam que a combinação do número com o dia da semana só torna a data ainda mais especial. Um dia da sorte!
“O que para alguns é azar para mim é número de sorte. Jogo sempre o 13 na Mega-Sena. Comemoro normal, faço reunião em família ou com amigos, mesmo caindo na sexta-feira 13. Eu gosto”, ressaltou a jornalista Simone Martins, que completa 49 anos.
O que hoje tira de letra, no entanto, já a incomodou: “Quando eu era adolescente achava ruim, pois as pessoas falavam que era azar, que se um gato preto atravessasse meu caminho [daria azar], mas cresci e não liguei mais para isso”.
LEIA TAMBÉM:
SEXTA-FEIRA 13: superstição pode ter surgido nos tempos bíblicos, diz pesquisador
Sexta-feira 13: saiba o que dizem um numerólogo e uma bruxa sobre a data
Sexta-feira 13: como surgiram algumas das lendas relacionadas à essa data
Ela entende que essa questão de apontar a data como algo relacionado ao azar não passa, de fato, de uma superstição. “Sendo uma sexta normal ou 13, não ligo, considero meu número de sorte porque é meu dia de nascimento”, disse.
Jornalista Simone Martins completa 49 anos nesta sexta-feira 13
Arquivo Pessoal
Família 13
A professora de natação Cristiane de Souza Teixeira França, que faz 42 anos, acredita que seja uma pessoa mais supersticiosa por ter nascido no dia 13. No entanto, garante ter sido coincidência o fato de ter se casado com um homem que faz aniversário em 13 de julho. Em relação à data de nascimento do filho, porém, nesta o casal admite ter tido interferência direta.
Felipe também nasceu em um dia 13 de outubro e, assim como a mãe, celebrará o aniversário deste ano em uma sexta-feira. Vale destacar que 2023 só terá duas sextas-feiras 13 Felipe, e ambas serão celebradas pela família França.
“Todo mundo aqui em casa é dia 13, é uma festa né? A gente acha muito legal, curioso e ficou um número nosso”, disse.
Cristiane acredita que todos que nasceram no dia 13 têm um pouco de superstição, mas ela cita que são “aquelas normais”: “De entrar com o pé direito nos lugares, não passar embaixo de escada, sempre essas coisinhas mais tradicionais”.
Sexta-feira 13 de Agosto; conheça a origem do azar nesta data.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »