Politica

Futuro líder do PT no Senado pede que presidente do PL seja investigado por suposta destruição de propostas de teor golpista

Em entrevista ao jornal O Globo, Valdemar Costa Neto disse que havia propostas com teor golpista ‘na casa de todo mundo’ e que tomou o ‘cuidado’ de triturar os papéis. O futuro líder do PT no Senado, Fabiano Contarato, pediu nesta sexta-feira (27) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que investigue o presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, por suposta destruição de propostas de teor golpista.
Em entrevista publicada pelo jornal O Globo nesta sexta-feira (27), Valdemar disse que diversos membros e interlocutores do governo Jair Bolsonaro tinham, em suas casas, propostas similares à “minuta do golpe” encontrada pela Polícia Federal na casa do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Anderson Torres.
Valdemar Costa Neto diz ao ‘Globo’ que havia propostas de decreto golpista ‘na casa de todo mundo’
O documento apreendido na casa de Torres sugeria a decretação de um “estado de defesa” no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para alterar o resultado eleitoral que a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva sobre Jair Bolsonaro, que tentava a reeleição.
Na mesma entrevista, Valdemar disse que ele mesmo recebeu várias dessas sugestões – mas tomou o “cuidado” de triturar os papéis.
“Tinha gente que colocava [as propostas] no meu bolso, dizendo que era como tirar o Lula do governo. Advogados me mandavam como fazer utilizando o artigo 142, mas tudo fora da lei. Tive o cuidado de triturar. Vi que não tinha condições, e o Bolsonaro não quis fazer nada fora da lei”, disse o presidente do PL.
O pedido de Contarato é para que Valdemar seja investigado pelo crime de supressão de documento. O parlamentar pede ainda que o presidente do PL seja ouvido com urgência pela Polícia Federal para apurar a suposta prática do crime.
A representação do senador foi protocolada nesta sexta (27) e endereçada ao ministro Alexandre de Moraes.

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »