Tecnologia

‘TikTok de textão’: conheça o app que é aposta do brasileiro que criou o Instagram


App promete entregar feed de notícias e textos personalizado com inteligência artificial de acordo com os interesses do usuário. “Artifact”, novo aplicativo de texto em desenvolvimento
Reprodução/ Artifact
Um feed de notícias e textos selecionados por inteligência artificial de acordo com os interesses do usuário é a proposta do Artifact, novo aplicativo em desenvolvimento, que surge em meio à hegemonia dos vídeos curtos nas redes sociais.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O brasileiro Mike Krieger e o norte-americano Kevin Systrom, criadores do Instagram, deixaram a empresa em 2018, seis anos após ser vendida por US$ 1 bi para o Facebook (hoje, Meta).
Initial plugin text
“Mike Krieger e eu estamos de volta com o Artifact”, disse Systrom em post publicado no fim de janeiro no Twitter. Durante o anúncio, ele aproveitou para convidar os usuários para se inscrever e participar da comunidade.
Como é o app?
Para entender de forma mais simples, podemos fazer uma analogia que o app pretende ser uma espécie de TikTok para texto e se parece com o Google Reader, aposentado em 2013.
Diante da disseminação de fake news, o “Artifact” se propõe em oferecer uma curadoria de fontes e processo de verificação de fatos, com objetivo de oferecer notícias e informações de qualidade. Segundo os criadores, a plataforma também irá remover postagens de conteúdo falso e enganoso.
Brasileiro Mike Krieger, um dos criadores do Instagram
Reprodução/ Instagram
Como irá funcionar?
Ao abrir o aplicativo, o usuário poderá fazer a seleção dos artigos que mais tenha interesse.
No feed terá artigos selecionados de editoriais que vão desde grandes jornais até textos de blogs.
Depois o próprio Artifact vai selecionar conteúdos semelhantes, que podem ser da preferência do usuário.
O app foi inspirado no comportamento dos algoritmos do TikTok ao criar recomendações de conteúdo personalizadas aos usuários, mesmo que vindas de contas que não são seguidas por eles. Esse algoritmo será um dos principais diferenciais do app, de acordo com os criadores.
Também será possível, em breve, seguir outras pessoas e interagir com elas por meio de comentários e mensagens diretas.
O que representa o nome? O nome vem da junção das palavras “articles” e “facts” – artigos e fatos, em inglês – o que revela as intenções dos idealizadores do projeto.
Testes já começaram?
O aplicativo ainda não está com lançamento público e os interessados precisam deixar o número de telefone para poder ser convidado. Por enquanto, também tem fila de espera para usuários norte-americanos.
Na página do site oficial tem um aviso que o app está em um “teste beta privado”. Algumas pessoas já conseguiram o acesso e reagiram nas redes sociais.
Initial plugin text
“Primeiras impressões: interface do usuário limpa e intuitiva. O feed corresponde com precisão aos meus tópicos iniciais escolhidos, preenchidos com publicações populares que já leio regularmente”, escreveu um dos usuários.
A editora da “NBC News” Sally Shin também comemorou o teste feito no app ao notar que o artigo foi selecionado para o feed:
Initial plugin text
Como posso me inscrever?
Pelo site oficial. O app pode ser encontrado nas lojas de aplicativos dos sistemas operacionais iOS e Android.
LEIA MAIS:
ChatGPT: conheça o robô conversador que viralizou por ter resposta para (quase) tudo
Assim como robô do Google, ChatGPT erra sobre 1º telescópio a fotografar um planeta fora do Sistema Solar
Robô conversador enfrenta prova para se tornar médico nos EUA

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »