G1Litoral

Menino com autismo ‘escapa’ de apartamento com medo do temporal no litoral de SP e é encontrado após 14h


Garoto de 12 anos estava com a família em um apartamento em Bertioga (SP) e saiu correndo de medo. Menino com autismo ‘escapa’ de apartamento com medo do temporal no litoral de SP
Um menino de 12 anos com autismo correu do apartamento em que estava com a família, após se assustar com o barulho do temporal que atingiu a cidade de Bertioga, no litoral de São Paulo, no último final de semana – a cidade registou o maior volume de chuva do país, 683 mm em 16h. Ele ficou 14h desaparecido e foi encontrado por uma moradora na praia de São Lourenço. O g1 conversou nesta quinta-feira (23) com a prima do menino que disse que ele foi um ‘guerreiro’.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Segundo Sofia Gloria de Albuquerque, ele estava muito machucado e cheio de arranhões pelo corpo. O garoto e a família são de Santo André, no interior de São Paulo, e estavam em um condomínio na Riviera de São Lourenço para aproveitar o carnaval.
Bertioga, SP, decreta estado de emergência e cancela carnaval em meio ao maior temporal em anos: ‘não tem clima’, diz prefeito
Ela contou que, no sábado (18), enquanto os pais dormiam o menino ‘escapou’. “Por volta das 19h os familiares chamaram por ele e não o encontraram no apartamento. Eles começaram a procurar e perceberam que ele tinha saído para a rua”, explicou Sofia.
Ainda de acordo com ela, chovia muito e o local estava alagado. Foi quando os pais do menino pediram para ver as câmeras de segurança do condomínio e identificaram que a criança tinha saído do prédio por volta das 18h41. “Foi a última vez que ele foi visto passando pela água, correndo no meio da chuva”.
Menino com autismo ‘escapa’ de apartamento com medo do temporal no litoral de SP e é encontrado após 14h
Reprodução
Mobilização
A prima disse que uma mobilização no condomínio se formou após o desaparecimento do menino. De acordo com ela, os moradores e turista começaram a procurar por ele embaixo de chuva. “Todos que estavam no condomínio de Riviera de São Lourenço saíram para procurar a pé pois estava tudo alagado e não tinha como sair com os carros da garagem”, contou Sofia.
Além disso, foram feitas publicações nas redes sociais para ajudar a encontrá-lo e muitas pessoas repassaram os conteúdos. “As divulgações foram essenciais. Conseguimos mais de 200 compartilhamentos. É impossível encontrar palavras para todos que nos ajudaram”, disse.
Menino localizado
Sofia contou que o garoto foi achado na manhã de domingo (19), por volta das 10h30. Ela disse que ele estava na Praia de São Lourenço, próximo a uma casa que fica na praia.
Segundo a prima, a dona da casa contou que ele estava batendo na porta, mas achou que fosse o temporal e ignorou durante 40 minutos. “O barulho não parou e ela decidiu ver o que era. Foi quando o encontrou”.
A moradora então levou o menino para o condomínio e entregou ele para os pais. “Foi uma alegria. Não temos nem o que dizer. Apesar dos arranhões, ele está bem e vivo. É isso o que importa”.
Confira imagens dos danos causados pela tempestade nas cidades da Baixada Santista
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Deixe seu comentário sobre esta noticias

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »