Brasil

Cade vai revisar acordo para venda de refinarias da Petrobras

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai revisar cláusulas de um acordo assinado com a Petrobras em 2019 que previa a venda de refinarias e ativos. A informação é do presidente do órgão, Alexandre Cordeiro. Nessa revisão, o conselho vai considerar mudanças na gestão da petroleira e nas condições de mercado, assim como a nova estratégia comercial de preços anunciada pela Petrobras no mês passado, que deixará de seguir a paridade de importação. No Termo de Compromisso de Cessação (TCC), assinado entre a estatal e o Cade, estava previsto a venda de oito refinarias da empresa, mantendo apenas as unidades do Rio de Janeiro e São Paulo. De acordo com Cordeiro, não há um prazo definido para a conclusão das negociações com a Petrobras para uma revisão do termo. Os governos Temer e Bolsonaro buscaram atrair investimentos privados no setor de óleo e gás para ter maior competição interna. No entanto, a nova gestão da estatal, comandada por Jean Paul Prates, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), suspendeu os planos de venda de refinarias e planeja até ampliar investimentos na expansão da capacidade de processamento de petróleo no país.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »