Mundo

Serviço ferroviário é retomado na Índia após tragédia que deixou 275 mortos

Os trens circularam ao lado dos destroços dos vagões envolvidos no acidente de sexta-feira (2) nas proximidades Balasore, no estado de Odisha (leste do país), que segundo as autoridades foi provocado por falhas no sistema de sinalização. O serviço de trens e passageiros foi retomado nesta segunda-feira (5) na região do pior acidente ferroviário em três décadas na Índia, que teve o balanço revisado pelas autoridades para 275 mortos – no fim de semana foram anunciadas 288 vítimas.
Os trens circularam ao lado dos destroços dos vagões envolvidos no acidente de sexta-feira (2) nas proximidades Balasore, no estado de Odisha (leste do país), que segundo as autoridades foi provocado por falhas no sistema de sinalização.
O trem de passageiros, conhecido como Coromandel Express, viajava de Calcutá para Chennai, quando bateu de frente com uma composição que transportava cargas. De acordo com o jornal “The Times of India”, o motor do Coromandel acabou em cima do trem de carga com a colisão, resultando em um descarrilamento de seus 22 compartimentos.
O governo do estado de Odisha reduziu o balanço de mortes para 275 e explicou que a revisão aconteceu porque alguns corpos haviam sido contabilizados duas vezes por engano. Dos 1.175 feridos, 382 permanecem hospitalizados, vários deles em estado grave, anunciaram as autoridades.
Os feridos em estado crítico foram transferidos para hospitais maiores em outras cidades, mas várias pessoas permanecem internadas no principal hospital público de Balasore.
Pior acidente no país
Este foi o pior acidente ferroviário na Índia desde 1995, quando uma colisão entre dois expressos perto de Agra, cidade onde fica o Taj Mahal, provocou mais de 300 mortes.
O acidente mais letal na história da Índia aconteceu em 6 de junho de 1981 no estado de Bihar (leste), quando sete vagões de um trem caíram de uma ponte no rio Bagmati – uma tragédia que provocou entre 800 e 1.000 mortes.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »