Mundo

Navio petroleiro russo é alvo de ataque de drone marítimo, dizem autoridades


Governo russo informou que ninguém se feriu no ataque. Embarcação recebeu sanções dos EUA em 2019 por fornecer petróleo para forças russas na Síria. Ponte da Crimeia, no Estreio de Kerch, em foto de 17 de julho de 2023
REUTERS/Alexey Pavlishak
Um navio petroleiro russo foi alvo de um ataque por um drone marítimo, informaram autoridades ligadas ao governo da Rússia neste sábado (5). O ataque aconteceu em águas próximas à região da Crimeia — anexada ilegalmente pelos russos em 2014.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A Agência Federal de Transporte Marítimo e Fluvial da Rússia disse que o navio-tanque SIG ficou danificado com o ataque, mas afirmou que ninguém ficou ferido.
“O petroleiro SIG recebeu um buraco na sala de máquinas perto da linha d’água a estibordo [lateral direita da embarcação], preliminarmente como resultado de um ataque marítimo de drones”, disse em comunicado.
Por causa do ataque, o tráfego na Ponte da Crimeia e o transporte por balsas foi suspenso temporariamente.
Segundo a imprensa russa, o navio estava se aproximando do Estreito de Kerch, que liga o Mar Negro e o Mar de Azov, quando o ataque aconteceu. A mídia da Rússia afirmou que o drone usado era ucraniano.
Já a agência Interfax, da Ucrânia, relatou que uma fonte do serviço de segurança ucraniano afirmou que o ataque foi conduzido pelas forças navais de Kiev.
Segundo a agência Reuters, o navio em questão recebeu sanções dos Estados Unidos em 2019. O SIG é de uma empresa de São Petesburgo, na Rússia, e ajudou a fornecer combustível de aviação para as forças russas na Síria.
VÍDEO: Drone marítimo ataca e destrói parcialmente navio russo, diz inteligência ucraniana
VÍDEOS: mais assistidos do g1

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »