Guarujá

Jovem desaparece após mandar mensagens para mãe dizendo que ‘daria um tempo’ das redes sociais


Família alega que Rhuan Bueno Ricoy, de 26 anos, está desaparecido. Ele nasceu em Santos, no litoral de São Paulo, e morava na capital paulista para trabalhar na área da gastronomia. Família busca por Rhuan Bueno Ricoy, de 26 anos, dado como desaparecido em SP
Arquivo Pessoal
Um jovem, de 26 anos, foi dado como desaparecido por familiares após mandar mensagens para a mãe dizendo que “daria um tempo” das redes sociais. Ao g1, Mauriceia Bento Bueno contou, neste sábado (12), que não tem contato com o filho desde maio deste ano. “É angustiante para mim e para a família”, desabafou.
Mauriceia mora em Santos, no litoral paulista, onde Rhuan Bueno Ricoy nasceu. Segundo ela, o rapaz passou a trabalhar na área da gastronomia e foi morar em São Paulo no começo do ano.
A mãe contou à reportagem que a última conversa com o filho foi por mensagens pelo Facebook, em 4 de maio. Na ocasião, de acordo com ela, o rapaz disse que estava com problemas de conexão no celular, mas prometeu retornar o contato em aproximadamente três dias, o que não aconteceu.
Desde então, a família passou a procurar por Rhuan no local de trabalho e também com amigos dele, sem sucesso. “Ele disse para mim que estava bem, que daria um tempo das redes sociais, mas que entraria em contato”, lembrou.
A mãe falou não saber o motivo [do sumiço]. “Não houve briga, não houve nada. Ele sempre foi uma pessoa independente”. A família registrou um Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento de Rhuan por meio da Delegacia Eletrônica, no último dia 31 de julho.
Ao g1, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou estar apurando o caso.
Desaparecimento
Conforme informado pela família e registrado no BO, o pai de Rhuan foi até o local onde o jovem alegou estar trabalhando, uma churrascaria e pizzaria, no último dia 16 de julho, em São José do Rio Pardo (SP).
Segundo o documento e o relato dos familiares, o pai de Rhuan descobriu ao chegar no endereço que o comércio estava fechado há dois meses.
A partir disso, os parentes entraram em contato com amigos do rapaz, atrás de informações sobre ele, mas sem sucesso. Com isso, registraram o BO e passaram a divulgar o caso na sequência.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »