Economia

Dólar abre em leve alta, com dados econômicos e cenário político no radar


Ontem, a moeda norte-americana recuou 0,45%, vendida a R$ 4,8536. Dólar opera em alta
Karolina Grabowska
O dólar abriu em leve alta nesta quarta-feira (30), em um movimento de realização dos lucros observados ontem, quando os mercados globais fecharam no positivo por conta de dados de emprego mais fracos que o esperado nos Estados Unidos.
Na agenda de hoje, investidores repercutem alguns dados econômicos do Brasil e do mundo e acompanham discussões sobre o Orçamento de 2024 e sobre a prorrogação da desoneração da folha de pagamento no cenário politico nacional.
Às 09h05, a moeda norte-americana subia 0,06, cotada a R$ 4,8567. Veja mais cotações.
Na véspera, o dólar encerrou o pregão com baixa de 0,45%, vendido a R$ 4,8536. Com o resultado, a moeda passou a acumular:
queda de 0,44% na semana;
alta de 2,64% no mês;
e recuo de 8,04% no ano.

COMERCIAL X TURISMO: qual a diferença entre a cotação de moedas estrangeiras e por que o turismo é mais caro?
DINHEIRO OU CARTÃO? Qual a melhor forma de levar dólares em viagens?
DÓLAR: Qual o melhor momento para comprar a moeda?
O que está mexendo com os mercados?
O dia é de volatilidade nos mercados globais, em um movimento de correção natural das altas mais expressivas de ontem, quando os dados de emprego nos Estados Unidos surpreenderam positivamente os especialistas.
A criação de vagas veio menor que o esperado. O arrefecimento do mercado de trabalho norte-americano significa um aumento da percepção de que o Federal Reserve (Fed, o Banco Central do país) possa pausar o processo de alta de juros – já que, com um mercado de trabalho mais fraco, há menos dinheiro na mão da população e o impacto sobre a inflação tende a diminuir.
Entenda o que faz o dólar subir ou descer

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »