Economia

PIX bate novo recorde com 152,7 milhões de transações em um único dia


Marca foi atingida na quarta-feira (6). De acordo com o Banco Central, o recorde anterior havia sido em 4 de agosto, com 142,4 milhões de operações. Pagamento via PIX
Giovane Oliveira/SEMUC PMBV
O PIX bateu novo recorde na quarta-feira (6), com 152,7 milhões de transações em um só dia e R$ 76,103 bilhões movimentados. De acordo com a autoridade monetária, o recorde anterior havia sido em 4 de agosto, com 142,4 milhões de operações.
“Os números reforçam a forte adesão de pessoas e empresas ao PIX, meio de pagamento lançado pelo BC em novembro de 2020”, afirma o Banco Central.
“Ressalta-se as transações de pessoas físicas para pessoas jurídicas como o principal vetor do crescimento recente. A adesão e o crescimento inicial do Pix se basearam nas transferências entre pessoas físicas. A maturação do Pix, a conveniência no seu uso e o desenvolvimento de soluções de integração pelo mercado estão permitindo uma maior diversificação nos casos de uso, aumentando sua importância no bom funcionamento da economia nacional”, continua o BC.
O sistema de pagamentos instantâneos foi lançado em novembro de 2020. Segundo o BC, até agosto, eram 650,7 milhões de chaves cadastradas no sistema, e 153,3 milhões de usuários.
Nesta semana, o BC previu que o PIX poderá ser usado para novas finalidades no futuro, como pagamento de pedágios, estacionamentos e transporte público.
“O uso de novas tecnologias que tornam a experiência de pagamento ainda mais rápida pode ser benéfico principalmente em alguns casos de uso específicos, como pagamentos de pedágios em rodovias, estacionamentos e transporte público”, diz o Banco Central.
O Banco Central também reafirmou que o PIX poderá ser usado, futuramente, para operações internacionais, viabilizando remessas, pagamentos entre empresas e pagamentos de compras de bens e de serviços no exterior.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »