Tecnologia

EUA recebem 1ª aeronave de guerra eletrônica de última geração

Equipamentos militares nem sempre precisam ser fortemente armados. E em alguns casos, não precisam transportar nenhuma arma. É exatamente o que acontece com as novas aeronaves EC-37B Compass Call da BAE Systems e da L3Harris Technologies. O exército dos Estados Unidos recebeu a primeira das 10 unidades adquiridas e que irão substituir o antigo EC-130H Compass Call, que está em serviço desde 1982.

Leia mais

Aeronaves conta com sistema que interrompe comunicações do inimigo

  • Essas aeronaves aparentemente indefesas estão armadas até os dentes com antenas, eletrônicos e algoritmos inteligentes.
  • Desde a década de 1980, a Força Aérea dos EUA opera uma frota de 14 aviões Hércules EC-130H Compass Call.
  • A principal função delas não é o controle de tráfego aéreo, reconhecimento, comunicações ou alerta precoce, mas engajar ativamente o inimigo bloqueando, falsificando ou interrompendo as comunicações de comando e outros sistemas eletrônicos vitais para desativar as defesas aéreas e os sistemas de comando e controle.
  • A frota agora será substituída pelo EC-37B, segundo informações da New Atlas.
Aeronave pode interromper as comunicações do inimigo (Imagem: divulgação/L3Harris Technologies)

Mais leves, velozes e com maior alcance

Os novos aviões têm um comprimento de 29 metros e envergadura de 28 metros. Eles são menores e mais leves que seu antecessor, mas têm custos operacionais 50% maiores.

Além disso, são mais velozes, têm maior alcance e um teto operacional mais alto graças aos seus dois motores Rolls-Royce BR710 C4-11.

A nova frota deve entrar em serviço em meados de 2024 com o 55º Grupo de Combate Eletrônico (ECG) localizado na Base da Força Aérea Davis-Monthan em Tucson, Arizona. Os cinco primeiros aviões serão equipados com a configuração Compass Call Baseline 3 e os outro cinco terão a configuração Compass Call Baseline 4.

Nossa equipe cumpriu o incrível desafio de migrar o equipamento de missão Compass Call do EC-130H muito maior e integrá-lo totalmente à plataforma Gulfstream G550. À medida que a Força Aérea encerra sua frota EC-40H de 130 anos, o EC-37B de ponta capacitará o cliente a continuar servindo sua missão vital de guerra eletromagnética para as gerações futuras.

Jason Lambert, presidente de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da L3Harris

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post EUA recebem 1ª aeronave de guerra eletrônica de última geração apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »