Guarujá

Escola é esvaziada às pressas após vazamento de gás causado durante obras do VLT no litoral de SP; VÍDEO


Caso aconteceu nesta quarta-feira (20), em Santos (SP). Segundo a prefeitura, 58 alunos foram levados para outra unidade escolar por conta do forte cheiro de gás. Vazamento de gás em obra faz escola ser esvaziada às pressas no litoral de SP
Um vazamento de gás natural fez uma escola municipal ser esvaziada às pressas nesta quarta-feira (20), em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo a prefeitura, uma máquina escavadeira perfurou o encanamento da rua durante a obra para a instalação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). Ninguém se feriu (assista cima).
O acidente aconteceu durante a tarde, na Rua Doutor Cochrane, no bairro Paquetá. De acordo com o município, o vazamento foi contido pela Comgás, responsável pela rede de gás encanado. O Corpo de Bombeiros foi acionado ao local por prevenção de incêndio.
Vazamento de gás foi causado por máquina escavadeira em Santos (SP)
Izabelly Fernandes/A Tribuna Jornal
A prefeitura informou também que, por conta do forte cheiro de gás, os 58 alunos que estavam na Escola Municipal Irmã Maria Dolores foram levados à unidade Maria Helena Roxo, localizada nas proximidades.
Os estudantes foram acolhidos no local e participaram normalmente de atividades educativas, conforme nota enviada pelo município à reportagem.
Alunos foram levados à UME Maria Helena Roxo, em Santos (SP)
Izabelly Fernandes/A Tribuna Jornal
O que diz a EMTU
Também por meio de nota, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) afirmou estar à disposição para esclarecimentos adicionais sobre o ocorrido, assim como a construtora responsável pelas obras do VLT no local, que não teve o nome divulgado.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »