Geral

Ônibus e veículos são incendiados após Santos ser rebaixado no Campeonato Brasileiro


Time perdeu para o Fortaleza e acabou sendo rebaixado para a Série B. Policiais dispararam bombas de efeito moral e gás de pimenta para conter torcedores. Confusão após Santos ser rebaixado para a Série B
Seis ônibus, seis carros e uma ambulância foram incendiados após o rebaixamento do Santos no Campeonato Brasileiro, durante a noite desta quarta-feira (6). O policiamento foi reforçado na região da Vila Belmiro, onde houve confusão com torcedores.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
O Santos foi derrotado em casa pelo Fortaleza, pelo placar de 2 a 1. Com o resultado, o time acabou ficando na 17ª colocação do Campeonato Brasileiro, sendo rebaixado para a Série B da competição.
Antes mesmo do apito final da partida, um grupo de torcedores do Santos atirou pedras, coquetéis molotov e outros objetos contra a Vila Belmiro e policiais que estavam na região.
Leia também:
Criminoso revela plano de facção para explodir ponte em rodovia entre São Paulo e Baixada Santista; polícia apreende explosivos
Torcedor sugere ‘fuzilar’ conselheiros após rebaixamento do Santos para a série B: ‘tudo mendigo’
Na sequência, os policiais reagiram com bombas de efeito moral e gás de pimenta, na tentativa de conter a situação.
Helicópteros e a cavalaria da Polícia Militar foram acionados para reforçar a segurança. Um vídeo mostra torcedores se organizando contra os policiais em frente a um hospital da cidade. Assista abaixo.
Torcedores se organizam contra a polícia, em Santos
Durante o confronto, enquanto os torcedores se afastavam do estádio, o tumulto continuou nas proximidades do bairro, com ônibus e automóveis sendo incendiados.
Lixeiras, placas e até mesmo residências também foram alvos de ataques.
De acordo com o ge, também houve confusão dentro do estádio, com torcedores tentando invadir o gramado após o último gol do Fortaleza.
Os jogadores deixaram rapidamente o campo e foram alvos de objetos atirados das arquibancadas, incluindo cadeiras.
Alguns torcedores que deixavam o local pacificamente também foram afetados pela confusão, inclusive por causa do uso das bombas de efeito moral e gás de pimenta. Entre eles está o ex-jogador Lima, que atuou ao lado de Pelé na década de 1960.
Ônibus foi incendiado após rebaixamento do Santos na Série B
Silvio Luiz/g1 Santos
VÍDEOS: Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »