Tecnologia

Dois reais ou um presente misterioso? Entenda o que está por trás da trend com desconhecidos


Influenciadores escolhem locais públicos para a fazer a brincadeira. A ideia é filmar toda a reação de quem topa participar após a proposta — o dinheiro ou um presente aleatório? Prática pode render dinheiro, se viralizar. Influenciador Lucas Uller faz trend do presente misterioso em shopping
Reprodução TikTok/lucasuller
Responda rápido: dois reais ou um presente misterioso? Fazer essa escolha sem pensar muito é a premissa de uma trend nas redes sociais, famosa já há alguns meses, principalmente no TikTok e no Instagram.
Pode ser no shopping, na rua, na praia, no parque. Um desconhecido aborda alguém e, munido de um celular, que funciona como um microfone, faz a pergunta, na lata, enquanto alguém filma.
???? O passo seguinte depende da interação da outra parte. Em geral, os vídeos que mais fazem sucesso são os que os participantes escolhem o presente misterioso, que fica a cargo de quem fez a proposta. Pode ser qualquer coisa, mas o mais comum é chocolate.
???? E alguém escolhe os dois reais? É raro, mas acontece, como explica Lucas Uller, influenciador de Santa Catarina que tem 1,5 milhão de seguidores no TikTok e mais de 150 mil no Instagram. “Aí eu fico com cara de tacho”, brinca. E tem também quem olhe feio e não queria participar da brincadeira.
Uller já fazia vídeos desde 2015, por hobby, mas foi a trend do presente misterioso que fez o engajamento do perfil e o número de seguidores de Uller explodir.
O primeiro vídeo de Uller com a trend foi feito de forma combinada, com uma amiga. Ela postou despretensiosamente e começou a dar certo, o que o impulsionou a fazer mais, mas sem combinar, ele garante.
A primeira “vítima” real foi uma senhora que, no susto, achou que estava sendo assaltada. Explicada a confusão, ela escolheu o presente misterioso — e ganhou um pequeno buquê de flores.
???? Em seguida, quando a pessoa aceita o presente, quem faz a brincadeira segue dando alguns comandos: abre, come, chuta a bola, por exemplo. É um estilo conhecido como NPC, quando o intuito é se manter sério durante toda a abordagem e não reagir, aumentando o mistério sobre o que se trata.
???? E acaba aí? Geralmente, não. Em alguns casos, a brincadeira pode se estender, a depender do influenciador: “dois reais ou um presente bônus?”, costuma perguntar Uller. Aí, é mais comum que o influenciador entre em alguma loja ou algum restaurante, onde lhe é dada a possiblidade de escolher.
Entenda o que é live NPC, nova trend do TikTok
A senhorinha, por exemplo, foi levada a uma loja de cosméticos (e escolheu um creme). Ao, final, Uller sugeriu que a mulher pedisse, no vídeo, para que a marca patrocinasse o influenciador. E ele conseguiu — o que explica outro ponto desta reportagem.
????Os influenciadores ganham? Sim, é possível, em alguns casos. Além de o TikTok monetizar os criadores de conteúdo, a marca pode patrocinar, pagando um cachê mesmo, ou bancando os presentes, se o perfil for grande e tiver alcance.
No caso da marca de cosméticos, depois de pagar do próprio bolso o presente, Uller fechou uma espécie de parceria para um vídeo futuro. Aí, seguindo roteiro pré-determinado e sinalizando que a parceria era paga, ele gravou um vídeo publicitário mais ou menos ao estilo da trend.
Em um outro vídeo da trend, Uller abordou uma jovem em uma loja de departamentos. Ela ganhou uma caixa de chocolates, também de uma marca que tem parceria com Uller, e, então, foi levada a uma rede de fast food, onde ganhou um lanche.
Foi a partir desses vídeos que Uller, hoje com 23 anos, passou a ser mais reconhecido na rua, até fora da bolha do seu público, que vai da faixa dos 14 aos 24 anos, segundo ele.
Inspiração
A trend tem inspiração lá de fora. Há vários vídeos em inglês exatamente no mesmo estilo: uma pessoa com um celular na mão aborda outra e faz a proposta: “one dollar or a mystery gift?”
Aqui no Brasil, Uller já tem parcerias e é reconhecido nas ruas pela trend, mas não é o único. Um dos maiores expoentes do viral é um influenciador que Uller tem como referência: Bruno Guilherme, do Paraná, que tem mais de 3,5 milhões de seguidores no TikTok e, com a brincadeira, já abordou até a cantora Luisa Sonza — que garantiu assistir aos vídeos de Bruno e que “sempre quis participar disso”.
Influenciador Bruno Guilherme faz trend ‘dois reais ou um presente misterioso’ com a cantora Luisa Sonza
Reprodução TikTok/ibrunoguilherme
???? E por que a trend pegou tanto? Ainda que não tenha uma resposta exata, o fato de a abordagem ser curiosa, a proposta parece irresistível. Afinal, se não gostar do presente, basta desfazer dele — ou embolsar dois reais.
Comprar algo sem saber o que vai receber
????A trend também tem raízes em um outro tipo de viral: vídeos de influenciadores abrindo caixas, mas sem saber o que compraram. Mais comum lá fora, as séries de vídeos com “unclaimed mail” (correspondência não reclamada, em tradução livre) atraem quem quer descobrir, junto com o influenciador, as tranqueiras que podem vir em uma encomenda deste tipo.
A americana Stephanie Grime é uma das percussoras deste segmento. Ela faz sucesso no TikTok descobrindo o que comprou, segundo ela por um dólar, itens embalados em nome de outra pessoa. Ela já encontrou de brinquedo erótico a copo do Starbucks.
Influenciadora americana Stephanie Grime compra encomendas não reclamadas
Reprodução TikTok/@stephaniegrime
A influenciadora brasileira conhecida como Kanade, que mora nos Estados Unidos, também viralizou abrindo caixas assim. Os itens não parecem ter tanta utilidade (são perucas, pelúcias, roupas gigantes, por exemplo). Mas vale o engajamento para os seus mais de 3 milhões de seguidores no TikTok.
Influenciadora Kanade abre caixa de encomenda não reclamada nos EUA
Reprodução TikTok/kaanade
No Brasil, há uma marca que vende caixas surpresas com promessas de brindes como iPhone e PlayStation. Custam em torno de R$ 25,00 e costumam ficar expostas em máquinas de shopping, ao estilo das que vendem snacks e bebidas.
Influenciadores comprar box com presente secreto
Reprodução TikTok
Em busca de visualizações e likes, influenciadores fazem testes dessas máquinas: compram e gravam vídeos abrindo a caixa misteriosa.
Para além da promessa de itens mais caros, os brindes costumam ter coisas como pincel de maquiagem, ring light, caixinha de som… Itens de maior volume e mais valor, como um videogame, aprecem em vales (aí a pessoa troca pelo prêmio no local indicado).
Mas o conteúdo da caixa importa menos nesses casos. O que vale mesmo é prender a atenção de seguidores nas redes sociais e viralizar.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »