Guarujá

Vídeo mostra momento em que suspeito de chamar jogador de futebol de ‘gorilão’ imita macaco


Caso aconteceu durante um campeonato municipal em Mongaguá (SP). Inquérito policial foi instaurado para investigar a ocorrência registrada como injúria racial. Vídeo mostra momento em que suspeito imita um macaco para jogador de futebol
Um homem foi filmado supostamente imitando um macaco na frente de um jogador de futebol durante um campeonato municipal de Mongaguá, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, a vítima relatou à Polícia Civil que foi chamada de “gorilão”. Um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso registrado como injúria racial.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
O caso aconteceu durante uma provocação entre torcidas após o fim de um jogo do Campeonato Inter Empresas no Ginásio de Esportes Arturzão. A vítima, Gustavo Vintecinco, de 28 anos, faz parte do time que perdeu, mas, naquele dia, estava suspenso da partida e participava do evento como comentarista de um canal no Youtube.
“É revoltante. Ainda em 2023 as pessoas querem usar cor de pele ou a sua raça para te ofender. Isso tem que acabar o mais rápido possível […]. Não é brincadeira que se faça, é crime”, afirmou Vintecinco.
As imagens obtidas pelo g1 mostram o jogador sentado na arquibancada com um microfone na mão. O suspeito se aproxima e supostamente imita um macaco. Outro homem também aparece nas imagens acenando para Vintecinco. A vítima se levanta e os dois homens saem. (veja acima)
O jogador relatou aos policiais que em outra partida havia marcado gols e comemorado abrindo os braços e estufando o peito. Desta vez, mesmo sem participar do jogo foi intimado pelo suspeito, que teria dito: “Comemora agora, seu gorilão”.
Diante do caso, a vítima disse à reportagem que manteve a calma e esperou a transmissão acabar para tirar satisfação com o suspeito, que correu para dentro do vestiário. Ela afirma que não desistirá de ir atrás dos seus direitos.
À esquerda, o jogador de futebol Gustavo Vintecinco. À direita, momento em que homem supostamente imita um macaco
Arquivo Pessoal e Reprodução
Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito, de 27 anos, foi localizado pelos policiais dentro do vestiário, pois torcedores queriam agredi-lo. O homem disse à corporação que joga em um time que participa do campeonato, mas, estava apenas assistindo a partida entre outras duas equipes.
Ele explicou aos policiais que ao ver o time da vítima ser eliminado da competição reproduziu a comemoração que ela tinha feito em outra partida. De acordo com o suspeito, foi uma forma de provocação, mas em nenhum momento houve ofensa verbal ou intenção de imitar um macaco.
Vintecinco, no entanto, disse à reportagem que discorda da versão dada pelo homem. “No vídeo fica explícito. Eu nunca vi o Cristiano Ronaldo comemorar daquele jeito”, afirmou o jogador.
As equipes da PM levaram os envolvidos para a delegacia, onde foi registrado o boletim de ocorrência. A autoridade policial informou que, como haviam testemunhas para as duas versões (do suspeito e da vítima), não foi possível efetuar prisão em flagrante e o caso foi encaminhado para investigação por inquérito.
Suspeito foi levado para a delegacia pela PM em Mongaguá (SP)
Reprodução
Prefeitura e time
A Prefeitura de Mongaguá informou ao g1 que recebeu o relatório do árbitro. “O processo foi despachado para a Comissão Disciplinar da Diretoria de Esportes de Mongaguá, que realizará os procedimentos cabíveis com base no Código Brasileiro de Justiça Desportiva”, disse, em nota.
A administração municipal acrescentou que “repudia quaisquer atos de natureza discriminatória em qualquer âmbito da sociedade, e tomará as devidas providências para que casos como este não se repitam no futuro”.
Em nota, o time em que a vítima joga, Bidulas Futsal, informou que lamenta o ocorrido. “Não só pelo fato de o ato ser contra um atleta do nosso time, mas por esse tipo de preconceito ainda acontecer nos dias atuais”, disse.
O g1 entrou em contato com o suspeito, que preferiu não se posicionar até a última atualização desta reportagem.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »