Tecnologia

Por que plantas ajudam no calor e deixam o ambiente mais fresco

Apesar de muitos pensarem que as plantinhas são apenas uma decoração ou que elas ocupam espaço demais nas calçadas, os vegetais possuem uma série de funções. Além de servirem de alimento e abrigo para centenas de milhares de espécies, as plantas também possuem a capacidade diminuir o calor o meio-ambiente onde elas se encontram.

Leia também

O papel da fotossíntese no controle de temperatura

Para entender como as plantas ajudam a resfriar o ambiente em volta delas, é preciso entender um pouco sobre os processos bioquímicos que estão ocorrendo dentro desses organismos. O primeiro deles e mais importante é a fotossíntese. Responsável por converter a luz solar em energia química para a planta, esse processo absorve uma quantidade considerável de radiação solar. Durante a fotossíntese usam a luz solar para converter gás carbônico em oxigênio.

Essa transformação ocorre nos cloroplastos. Estruturas especializadas localizadas nas células das folhas. A clorofila, o pigmento que dá o verde as plantas, é fundamental para a absorção da luz solar. Ao atingir as moléculas de clorofila, a luz solar desencadeia uma série de reações químicas que resultam na divisão da molécula de água em oxigênio e hidrogênio. O oxigênio liberado é solto na atmosfera como resultado do processo. Já dentro do organismo o hidrogênio é combinado com o dióxido de carbono produzindo os açúcares que a planta usa para se alimentar.

Imagem: Rafael Bighetti – flickr

As plantas desempenham um papel crucial na regulação térmica dos ambientes, exercendo influência significativa sobre a temperatura local. Esse fenômeno é resultado de uma série de processos biológicos e físicos intrincados que ocorrem dentro das plantas e ao seu redor.

Porém, com o calor as plantas também precisam fazer a regulação térmica de seus corpos. Afinal, o calor destrói proteínas e enzimas fundamentais para a sua sobrevivência. Para tal as plantas usam um mecanismo muito similar ao que nós seres humanos possuímos. A transpiração das plantas serve não somente para a regulação térmica, mas também funciona como forma de garantir um fluxo constante de água das raízes, até as folhas. Através de pequenos poros chamados estômatos.

Durante a transpiração das plantas, células-guarda, estruturas responsáveis por coordenar a abertura e fechamento dos estômatos, agem conforme o volume de água absorvido pelas raízes. Ao receberem a informação das raízes as células vão controlar o quanto os estômatos devem abrir, assim a planta garante que o volume de água na superfície da folha não vai atrapalhar a absorção de luz pelos cloroplastos. Garantindo assim que a fotossíntese também ocorra simultaneamente.

À medida que a água é absorvida pelas raízes e transportada para as folhas, ela evapora através dos estômatos, gerando um efeito de resfriamento. A troca de calor entre o ambiente e a água, geram um resfriamento, já que a energia do calor é absorvida pela água durante a transformação para vapor.

Visualização microscópica de cloroplastos, organelas presentes nas células das plantas e outros organismos fotossintetizadores. Crédito: Wikipedia

Outro aspecto importante, e talvez o mais óbvio de todos até aqui, é a sombra gerada pelas plantas. As plantas evoluíram para que suas folhas possuam o máximo de superfície possível, para garantir a absorção da luz solar. Sendo assim, ao interceptar a energia do sol em sua jornada até o solo, as plantas ajudam a reduzir a temperatura do solo imediatamente ao seu redor com a sombra que projetam.

As plantas com certeza são seres vivos fascinantes e cumprem muitas funções além de simplesmente enfeitar a varanda ou jardim de casa. Sendo assim, em meio a tantas ondas de calor, que tal plantarmos umas árvores?

O post Por que plantas ajudam no calor e deixam o ambiente mais fresco apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »