Geral

Grupo com 47 brasileiros deixa a Faixa de Gaza e deve embarcar para Brasília neste domingo

Um novo grupo de brasileiros e parentes palestinos foi resgatado na Faixa de Gaza e já chegou à fronteira com o Egito. Eles estão na imigração, aguardando os trâmites burocráticos para a obtenção dos vistos de entrada. De acordo com informações do Itamaraty, o grupo é composto por 47 pessoas e tem previsão de retorno ao Brasil neste domingo, 10. São 27 crianças e adolescentes, 16 mulheres (duas idosas) e quatro homens adultos, incluindo 11 binacionais brasileiro-palestinos e 36 palestinos. A aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira) responsável por repatriar o grupo decolou às 5h08 deste sábado. O voo com destino à Base Aérea de Brasília será direto e tem duração estimada de 15 horas.

Cerca de 30 brasileiros ainda permanecem em Gaza, com a representação brasileira na Cisjordânia monitorando e prestando assistência. “Eles estão nas cidades de Gaza e Rafah e nos campos de refugiados de Nuseirat e Maghazi. A representação continuará monitorando a situação e prestando toda a assistência possível”, afirmou o embaixador Alessandro Candeas, da representação brasileira na Cisjordânia. O grupo de 47 foi recepcionado pela equipe da embaixada brasileira no Egito, viajando por cerca de seis horas até o Cairo. Após descanso, alimentação e avaliações médicas, o voo de retorno está previsto para decolar neste domingo em direção ao Brasil.

Em 14 de novembro, o último avião com repatriados chegou ao Brasil, trazendo 32 pessoas que deixaram a Faixa de Gaza, incluindo brasileiros, palestinos com residência no país e seus parentes. A operação de repatriação, chamada de Voltando em Paz, já realizou 11 voos com destino ao Brasil, trazendo 1.524 passageiros de Israel, Cisjordânia e Gaza. A iniciativa teve início um dia após o ataque do grupo terrorista Hamas a Israel, ocorrido em 7 de outubro, com o cadastramento de brasileiros pela embaixada em Tel Aviv. O Ministério das Relações Exteriores, por meio do Escritório de Representação em Ramallah, na Cisjordânia, identificou 102 brasileiros e seus familiares próximos interessados em serem repatriados a partir da Faixa de Gaza. No entanto, nem todos receberam autorização de Israel para deixar a região. A solicitação para a saída deste novo grupo da Faixa de Gaza, através de Rafah, no sul do território, em direção ao Egito, foi feita em novembro.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »