Geral

Homem morre após apontar arma para viatura e ser baleado por policiais no litoral de SP


Vítima, de 30 anos, chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu. Caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente
Reprodução/TV Tribuna
Um homem, de 30 anos, morreu após entrar em confronto com policiais e ser baleado em São Vicente, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1 neste sábado (2), ele foi atingido após apontar a arma para uma viatura na comunidade México 70.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (1), na Avenida Brasil, na Vila Margarida. Segundo apurado pelo g1, o homem foi alvejado no tórax por agentes do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep).
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que uma equipe da Polícia Militar (PM) realizava a Operação Impacto no combate ao tráfico de drogas, quando localizou um imóvel vazio que levantou suspeitas como um possível esconderijo de drogas.
No local, os agentes se depararam com o homem, que estava armado e fez menção de atirar contra os agentes da viatura. Desta forma, houve intervenção e o suspeito foi baleado. Segundo a SSP-SP, junto com o homem estavam um rádio comunicador, dinheiro e uma arma calibre .380, além de sacolas com drogas como maconha, crack e cocaína.
De acordo com a Prefeitura de São Vicente, a vítima foi levada ao Hospital Municipal, mas já chegou na unidade sem vida.
Os objetos encontrados com o homem foram apreendidos e encaminhados para a perícia. O caso foi registrado pela Delegacia de São Vicente e encaminhado ao 2º DP, responsável pela área.
Ainda segundo a SSP-SP, após os fatos, os policiais foram hostilizados, por isso não foi possível acionar a perícia ao local.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »