Geral

Lula se reúne com familiares de brasileiro refém do Hamas

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se encontrou nesta segunda-feira, 11, com as familiares de Michel Nisenbaum, único brasileiro feito de refém pelo Hamas. “Recebi hoje, no Palácio do Planalto, Mary Shohat e Hen Mahluf, a irmã e a filha de Michel Nisenbaum, brasileiro sequestrado pelo Hamas. Expressei minha solidariedade e falei dos esforços que o governo brasileiro têm feito, junto aos países da região, para a libertação dos reféns”, relatou o petista no X (antigo Twitter). “É uma questão humanitária que precisa estar acima de qualquer conflito. O Brasil segue defendendo a paz e que os civis não sofram as consequências da guerra”, acrescentou. Nisenbaum estava desaparecido desde o dia 7 de outubro, quando Israel foi invadido pelo Hamas. O carioca de 59 anos imigrou com a irmã para Israel no início da década de 1980 e eles viveram muitos anos em kibutz nos arredores de Gaza. Pai de duas filhas e quatro netos, ele perdeu contato com a família no dia 7 de outubro a caminho de buscar sua neta, que dormira naquela noite com o pai, um soldado israelense. Quando sua filha tentou entrar em contato com ele, às 7h20, a ligação foi atendida em árabe e ouviram-se gritos de “Hamas”. Desde então os familiares lutavam para ter informações sobre o seu paradeiro, sem saber se estava vivo ou morto. Em outubro, o Itamaraty tinha confirmado o desaparecimento do brasileiro. O líder do Senado, Jacques Wagner (PT-BA), que contribuiu para realização do encontro entre Lula e os familiares de Nisenbaum, disse aos jornalistas que garantiu que a “diplomacia brasileira e o presidente então empenhados em achar um caminho da liberação de todos os reféns”.

 

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »