Guarujá

Santos inaugura primeira estação de telessaúde em escola municipal do Brasil


Equipamento será utilizado tanto para ações educativas, dentro do ambiente escolar, quanto para assistência à população. Segundo a administração, outras unidades municipais de ensino deverão contar com o recurso em 2024. Santos inaugura primeira estação de telessaúde em escola municipal do Brasil
Isabela Carrari/Prefeitura de Santos
A primeira Estação de Telessaúde Integrada de Bem-Estar em uma escola municipal do Brasil foi instalada na Unidade Municipal de Educação (UME) Cidade de Santos, no litoral de São Paulo. Além do atendimento à população, o equipamento deverá ser utilizado em projetos da rede municipal.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
De acordo com a Prefeitura de Santos, a iniciativa é fruto de uma parceria entre o Programa Santos Jovem Doutor (SJD), com a Disciplina de Telemedicina da Universidade de São Paulo (USP). O lançamento da unidade ocorreu na última segunda-feira (11).
A ação foi possível a partir da instituição do decreto municipal 10.235, que regulamenta as ações e serviços de telessaúde na Administração Municipal e que os prevê nas escolas por meio do Programa Saúde na Escola (PSE) e o SJD.
O equipamento será utilizado no ambiente escola para ações educativas do programa e para assistência à população. Os fluxos de atendimento em saúde dentro da estação ainda serão definidos. Em relação ao SJD, o tema do programa para o ano de 2024 será a intergeracional idade.
Até fevereiro, a estação permanecerá em exposição na escola. A perspectiva é de que outras unidades municipais de ensino passem a contar com uma unidade de teleassistência em 2024.
Estação de telessaúde
A estação de teleassistência é uma espécie de cabine, projetada com cores e formas para que a pessoa se sinta acolhida. O equipamento conta com uma série de tecnologias, como três câmeras de monitoramento 360 ° e um sistema de auto-higienização.
Enquanto não há ninguém dentro da instalação, a instalação de uma luz ultravioleta garante a sanitização do ambiente, tendo em vista que evitam a proliferação de vírus, bactérias, esporos e fungos.
Já para a limpeza terminal, uma vez por semana, é utilizado um oxi-sanitizador, quando não houver ninguém dentro da estação e ela estiver lacrada. Trata-se de um equipamento que libera o gás ozônio, altamente reconhecido por seu poder saneador.
Santos inaugura primeira estação de telessaúde em escola municipal do Brasil
Isabela Carrari/Prefeitura de Santos
Nas laterais, ainda há medidores de pressão arterial, termômetro, oxímetro e balança de bioimpedância. De acordo com a administração, outros recursos podem ser inseridos conforme a necessidade do atendimento.
No lado externo, a cabine é equipada com uma tela LED que transmite vídeos educativos de saúde e banners, que expõem informações sobre o funcionamento dos órgãos humanos. A estação ainda conta com um aquário com peixe de água doce e peças impressas em 3D que remetem ao corpo humano.
Santos inaugura primeira estação de telessaúde em escola municipal do Brasil
Isabela Carrari/Prefeitura de Santos
Teleassistência
Segundo a administração, a teleassistência auxilia os usuários na transposição de barreiras socioeconômicas, culturais e, sobretudo, geográficas, para que os serviços e as informações em saúde cheguem a toda a população
O recurso contribui para a redução de deslocamentos desnecessários e a redução do tempo de espera dos pacientes e profissionais de saúde. Além disso, proporciona maior qualidade do cuidado e menor custo para o Sistema Único de Saúde (SUS).
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »