Mundo

Veja o que é #FATO ou #FAKE em vídeos que viralizaram no começo do conflito entre Israel e Hamas


Desde os primeiros dias da guerra, vídeos impactantes circularam nas redes sociais e aplicativos de mensagem. FATO ou FAKE relembra checagens mais lidas de 2023. O que é #Fato e o que é #Fake na guerra entre Israel e Hamas
Com a guerra entre Israel e o Hamas, uma série de vídeos viralizaram nas redes sociais e aplicativos de mensagens como se fossem do conflito. O Fato ou Fake selecionou as mensagens que circularam com mais frequência nos primeiros dias de guerra, ainda em outubro, e checou a veracidade delas. Veja abaixo.
O g1 relembra, ao longo de dezembro, as histórias checadas pela equipe do FATO ou FAKE mais lidas de 2023. Acompanhe aqui.
Soldados queimados vivos
Um vídeo mostra dois homens de uniforme militar presos a correntes de costas para uma fogueira até serem atingidos pelas chamas e queimados vivos. Legendas dizem que as cenas são relacionadas ao conflito Israel x Hamas. É #FAKE.

g1
Uma legenda diz: “Hamas queimando soldados israelenses (…)”.
Na verdade, o vídeo é de 2016 e mostra criminosos do ISIS queimando soldados turcos depois de capturá-los em Aleppo, na Síria.
É #FAKE que vídeo em que soldados são queimados vivos tenha sido gravado em Israel e em 2023
Reprodução
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do Fato ou Fake no WhatsApp
Massacre em vala
Um vídeo mostra vários homens vendados sendo atirados em uma vala com pneus e depois fuzilados. Legendas apresentam as cenas como do conflito Israel x Hamas. É #FAKE.

g1
Uma legenda diz: “Esse é o HAMAS TERRORISTA (…)”.
Na verdade, o vídeo é antigo, anterior à guerra entre Israel e Hamas, iniciada em 7 de outubro de 2023. O vídeo foi publicado em 2022 e mostra um massacre pelo regime sírio ocorrido anos antes em Damasco.
É #FAKE que vídeo em que homens são atirados em vala com pneus tenha sido gravado em Israel em 2023
Reprodução
Tiros em homens ajoelhados
Um vídeo mostra uma fileira de homens ajoelhados sendo atingidos na cabeça por disparos de arma de fogo. Legendas dizem que as imagens são relacionadas com o conflito Israel x Hamas. É #FAKE.

g1
A legenda diz: “Desculpa pessoal cenas fortes mas temos que mostrar o que esse bandido estão fazendo com o povo israelense”.
Na verdade, o vídeo circula desde 2014 e mostra a execução de soldados em Aleppo, na Síria.
É #FAKE que vídeo em que homens ajoelhados são alvejados na cabeça tenha sido gravado em 2023 em Israel
Reprodução
Vítimas se escondendo de tiros e, em seguida, mortas
Vídeo mostra vítimas israelenses se escondendo de tiros dentro da base militar de Zikim, atacada pelo Hamas. E outro vídeo mostra as vítimas mortas no mesmo local. É #FATO.

g1
No primeiro vídeo, o grupo tentava se proteger de terroristas da Brigada Izz el-Deen al-Qassam, o braço armado do grupo extremista Hamas, que atacou a base nas primeiras horas de sábado (7). Algum tempo depois, eles seriam assassinados— como mostra um segundo vídeo, esse divulgado pela própria Brigada Al-Qassam nas redes sociais: três dos jovens que filmaram a si mesmos se protegendo aparecem mortos no chão. O g1 fez uma reportagem sobre o episódio.
É #FATO vídeos que mostram vítimas se escondendo de tiros e, em seguida, mortas
Reprodução
Terroristas atirando em banheiros químicos de uma rave
Um vídeo mostra terroristas atirando em banheiros químicos de uma rave em Israel após o início do conflito entre Hamas e Israel. É #FATO.

g1
O vídeo divulgado em 13 de outubro pelo Ministério da Defesa de Israel mostra que terroristas do Hamas dispararam diversas vezes contra banheiros químicos de uma rave, atacada pelo grupo terrorista. O g1 publicou uma reportagem sobre o relato oficial.
É #FATO vídeo que mostra terroristas atirando em banheiros químicos em Israel
Reprodução

Fato ou Fake Explica:
VEJA outras checagens feitas pela equipe do FATO ou FAKE
Adicione nosso número de WhatsApp +55 (21) 97305-9827 (após adicionar o número, mande uma saudação para ser inscrito)

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »